Bimboo

 

Previsão do Tempo

Dourados
+20°C
06/12/2011 17h43 - Atualizado em 06/12/2011 17h43

Delcídio viabiliza Centro Tecnológico de Apoio a Agricultura Familiar em MS

 
 
Delcídio e João Grandão pediram e o ministro Florenc e a tendeu. MS ganha o primeiro centro tecnológico de apoio a a gricultura familiar do Brasil. Delcídio e João Grandão pediram e o ministro Florenc e a tendeu. MS ganha o primeiro centro tecnológico de apoio a a gricultura familiar do Brasil.

Mato Grosso do Sul vai ganhar a partir do ano que vem o primeiro Centro de Transferência de Tecnologia Para Fortalecimento e Apoio a Agricultura Familiar do Brasil. O Centro será construído em uma área de 37 hectares cedida pela prefeitura no município de Glória de Dourados. Os recursos de R$ 1,5 milhão para executar as obras foram viabilizados junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário(MDA) pelo senador Delcídio do Amaral (PT/MS).

“Essa é, sem dúvida alguma, uma das melhores notícias do ano para todos aqueles que lutam pela melhoria da assistência técnica oferecida aos assentados e pequenos produtores em nosso estado”, comemorou Delcídio. “Vamos criar uma base de estudos, aperfeiçoamento e troca de tecnologias envolvendo a Universidade Estadual (UEMS), a Embrapa Agropecuária Oeste, a Associação dos Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul (APOMS), o Laboratório de Estudos Territoriais da Grande Dourados (LET-GD), a prefeitura de Glória de Dourados e a AGRAER, com o apoio dos Colegiados Territoriais de Cidadania, para capacitar estudantes, profissionais e agricultores familiares de uma vasta região que inclui 33 municípios da Grande Dourados, do Vale do Ivinhema e das regiões Sudoeste e Central do estado, onde foram contabilizadas mais de 15 mil famílias de agricultores familiares, 23 aldeias indígenas e 7 comunidades quilombolas que serãoi diretamente beneficiadas com as ações desenvolvidas no Centro”, explicou o senador.

De acordo com Delcídio, o projeto começou a nascer há 4 anos nas discussões dos Colegiados Territoriais, durante o processo de elaboração e qualificação dos Planos Territoriais de Desenvolvimento Rural Sustentável (PTDRS), que contaram com a participação dos membros da Associação dos Produtores Orgânicos(APOMS) e dos professores do curso de Tecnologia em Agroecologia da UEMS em Glória de Dourados.

“Os profissionais, professores da UEMS e pequenos produtores envolvidos procuraram o então deputado federal João Grandão (PT/MS), que passou a percorrer os gabinetes em Brasília em busca de recursos para viabilizar a proposta. João não conseguiu a reeleição e me pediu que encampasse a luta dos técnicos e agricultores familiares do nosso estado, o que eu prontamente fiz, batendo a porta do governo federal para que esse sonho se tornasse realidade. E nós conseguimos. Recentemente, durante visita do ministro Afonso Florence (MDA) ao município de Itaquiraí, conversamos com ele e com o Secretário Nacional de Desenvolvimento Territorial, Jerônimo de Souza, que ficaram empolgados com o projeto e nos prometeram apoio. Nesta terça-feira (6 de dezembro) fomos informados pelo Assessor Especial para Assuntos Federativos do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Adriano de Souza Santos, que até sexta-feira ( 9 de dezembro) será feito o empenho dos recursos necessários a implantação do Centro”, revelou o senador.

De acordo com o projeto, o Centro de Transferência de Tecnologia para fortalecimento e Apoio a Agricultura Familiar será um local para intensificar a relação da universidade com a comunidade, do produtor com o técnico, do conhecimento científico com o conhecimento popular e da inovação tecnológica com as necessidades dos produtores, para que a troca de conhecimento e informações possa garantir o desenvolvimento sustentável dos assentamentos, aldeias indígenas e comunidades quilombolas.

Além de ceder a área de 37 hectares , a prefeitura de Glória de Dourados entrará com uma contrapartida de R$ 318 mil que, juntamente com os recursos de R$ 1,5 milhão destinados pelo MDA, serão investidos na construção de 3 salas de aula, 2 laboratórios, 4 salas para administração, biblioteca e 1 alojamento, e na compra de mobiliário, veículos e equipamentos como tratores, carretas, perfurador de solo, roçadeira e grade aradora a serem utilizados no Centro de Transferência de Tecnologia Para Fortalecimento e Apoio à Agricultura Familiar.


Envie seu Comentário

Antes de escrever seu comentário, Atenção! O Dourados Agora não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Restamcaracteres. * Obrigatório
 

As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Copyright © 2011 - DouradosAgora - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet

logo-bimboo