Bimboo

 

Previsão do Tempo

Dourados
+20°C
07/03/2012 10h06 - Atualizado em 07/03/2012 10h06

Aprovados em concurso do HU cobram posição do MPF

São 225 aprovados, na lista de espera, que não foram chamados a assumir vagas ocupadas por contrados que ganham menos

 

O grupo de 225 aprovados em concurso público para ocupar vagas no Hospital Universitário, gerenciado pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), cobra a convocação para assumir os postos que, segundo eles, estão sendo ocupados por pessoas contratadas e que ganham até 2/3 menos que o salário vigente.

Segundo Fabrício de Oliveira, de 32 anos, técnico de enfermagem, que foi aprovado no concurso realizado em 2010, uma comissão vai se reunir hoje, no Ministério Público Federal (MPF), em Dourados.

"A UFGD informou que necessitam de cargos federais, porém os contratados são da Fundação Municipal de Saúde. Eles alegam que, como o Ministério da Educação (MEC)(*) não teria liberado os cargos para o HU, a universidade foi obrigada a suprir as vagas com contratados temporários, situação que continua até hoje", diz Oliveira.

Na reunião marcada para às 14h, a comissão vai cobrar uma medida junto ao Ministério Público Federal. "O MPF pode pressionar o MEC para liberar os cargos de forma que os aprovados em concurso venham assumir as respectivas funções, as quais estão sendo ocupadas por funcionários temporários".

Em entrevista a uma emissora de TV local, o MPF disse que esta contratação temporárioa não vai implicar em que esses (aprovados) não sejam contratados e que o Ministério Público está acompanhando isso. "Se constatado que essa situação provisória está se prolongando por um tempo além da que é necessária para efetivar contratação deste pessoal que já foi aprovado, ai o Ministério Público vai tomar as medidas cabíveis, como já fez no passado (2010) em relação aos temporários que trabalhavam no hospital à época e, em função disso que não houve a contratação de 500 pessoas", afirmou o procurador Rafhael Otávio Bueno Santos.

(*) instituição que libera os cargos em nível federal.

(5) Comentários

Envie seu Comentário!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

Art. 37 – A administração pública direta, indireta ou fundacional, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e, também, ao seguinte:
(...)
II – a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos.....

 
Claudia em 08 de março de 2012 às 16:18

De acordo com a Constituição Federal de 1988, em seu artigo 37, com as modificações promovidas pela Emenda Constitucional nº 19, inseriu no Direito Brasileiro a obrigatoriedade de obedecer a Administração Pública aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, eficieficiência e publicidade.

 
Claudia em 08 de março de 2012 às 16:17

agora nao seria justo ,com os contratados ,por na rua e comlocar esses concursados ,afinal somos so estep seria esse o nome ,sou uam contratada e mas que justo os concursado oucuparem seu lugar por direito ,mas tambem nao podem esquecer que estes contratados ,ganhado tres vez menos ,sempre trabalhou com esperança de uma segurança ,que nuca tivemos e mesmo assim sempre ali ,justica

 
maria em 07 de março de 2012 às 20:03

PROVAVELMENTE, MAIS UMA VEZ, AQUELES QUE PROCURAM AGIR CONFORME O REGULAMENTO, PASSA A SE SENTIR UM PALHAÇO. PAGA-SE POR UM CONCURSO, ESTUDA , REALIZA A PROVA E QUANDO SE DÁ CONTA, ENTRA OUTRO SEM O MINIMO DE REQUISITO EXIGIDO.

 
delane da silva borges em 07 de março de 2012 às 13:29

O quantitativo de funcionários da enfermagem do HU-UFGD é insuficiente para atender o serviço atual, fica setor encobrindo buraco de outro, deixando claro que assistencia de enfermagem fica prejudicada e o paciente mau assistido, e mesmo com essas contratações feitas através dessa fundação o quadro é insuficiente

 
Letsgo em 07 de março de 2012 às 12:34

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Contato

As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Copyright © 2011 - DouradosAgora - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet

logo-bimboo