27/06/2012 07h48 - Atualizado em 27/06/2012 07h48

Força Tática faz ostensiva para brecar assaltos e prender foragidos

 
Policiais militares da Força Tática reforça blitz em região de bancos, centro e bairros. foto - Douradosagora Policiais militares da Força Tática reforça blitz em região de bancos, centro e bairros. foto - Douradosagora
Douradosagora

Policiais Militares da Força Tática estão em blitz permanente em bairros e centros para coibir assaltos e prender foragidos. Com centenas de albergados nas ruas, por conta da desativação do presídio semiaberto, a ação da PM reforça a fiscalização já que boa parte dos assaltos, furtos e outros crimes, teriam a participação de presidiários que cumprem pena em regime aberto, semiaberto e livramento condicional e hoje e, por conta da interdição do Estabelecimento Penal de Regime Semiaberto e Assistência aos Albergados de Dourados, estão em casa e nas ruas.

Os PMs estão 'varrendo' áreas com maior potencial de risco à população, como região de agências bancárias e escolas. Durante as blitz, os policiais verificam documentação pessoal e de veículos. Via de regra, são apreendidas armas e determinados os guinchamentos de motocicletas e carros irregulares, que vão para o pátio lotado da agência do Detran em Dourados.

Albergados foragidos, que não cumpriram determinação do 'semiaberto' de assinar folha de presença, são automaticamente recolhidos para a Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorin Costa (PHAC), que também enfrenta superlotação há mais de uma década.

Denúncias podem ser feitas, anonimamente, pelo telefone 190 da Polícia Militar, ou ainda, pelo 3411.8080 (Serviço de Investigação Geral - SIG); 3424.6911 e 3424.5842 (2º Distrito Policial de Dourados).

Envie seu Comentário