Recapeamento simultâneo de avenidas de Dourados vai durar um ano e meio

Haverá apenas uma pausa entre os dias 20 de dezembro e 5 de janeiro, para não atrapalhar o fluxo de veículos no período de vendas do comércio

06/12/2017 06h32 - Por: DouradosAgora


 

foto - Seinfra
Secretário de Estado de Infraestrutura vistoriou obras de recapeamento na tarde de ontem
foto - Seinfra
Secretário de Estado de Infraestrutura vistoriou obras de recapeamento na tarde de ontem

As três principais avenidas de Dourados, a Weimar Gonçalves Torres, a Marcelino Pires e a Joaquim Teixeira Alves, estão sendo recapeadas de forma simultânea. Na tarde de ontem, o secretário de Estado de Infraestrutura Marcelo Miglioli esteve vistoriando os trabalhos que começaram pela região do Parque Antenor Martins e garantiu que as obras estão a todo o vapor. Segundo Miglioli, haverá apenas uma pausa entre os dias 20 de dezembro e 5 de janeiro, para não atrapalhar o fluxo de veículos no período de vendas do comércio. "Entendemos que é um período que quase não se produz e mais atrapalha do que ajuda", destaca

Segundo o secretário, assim que passar esse período as obras serão retomadas normalmente. "O principal motivo de nossa vinda a Dourados foi para tranquilizar a população sobre o início das obras. Eu vim para ver se as empresas estão mobilizadas. Chegou para nós a informação de que as obras poderiam estar paradas, mas não tem nada disso. O governador Reinaldo Azambuja veio para Dourados, lançou as obras, elas estão com os recursos garantidos e vamos tocar normalmente os trabalhos", destaca.

Segundo Miglioli, o Estado fará as obras de forma simultânea nas três avenidas, tendo em vista que contratou três empresas para realizar os trabalhos em cada uma delas. Ele destacou ainda que com relação à Hayel Bon Faker, como foi feito um pedido de mudança no projeto pela Prefeitura, as obras deverão começar depois do processo de licitação que deverá começar nos próximos meses.

Marcelino Pires

A previsão para conclusão das obras é de 540 dias, a contar da data de início, segundo Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul). O secretário Marcelo Miglioli disse ainda que as intervenções nas vias beneficiarão os douradenses e também ajudarão os cofres do município, que deixará de gastar com remendos no asfalto.

"Hoje as avenidas de Dourados encontram-se com os pavimentos vencidos, deteriorados, que geram um gasto exagerado. Então, essas obras são muitos importantes porque trazem qualidade de vida, melhoria para o comércio, desenvolvimento para a cidade e economia para o município, inclusive porque ele deixa de disponibilizar recurso com o tapa-buraco nessas avenidas", avaliou o secretário de infraestrutura do Estado.

Comércio

A revitalização da avenida Marcelino Pires, cartão-postal de Dourados, animou toda a população, em especial os empresários tradicionais do município que há anos aguardavam pelas obras.

"Quero parabenizar o Governo do Estado por estar socorrendo o município de Dourados nesse momento de muitas dificuldades", comenta, o empresário Osmar Rodrigues.

Ele agradece em nome dos comerciantes locais, pelo empenho do Governo na execução e de lideranças como o deputado federal Geraldo Resende e o deputado estadual Zé Teixeira "na idealização da obra que é um sonho de todos".



Envie seu Comentário