Com agronegócios e serviços, geração de emprego é a melhor dos últimos 6 anos

02/03/2018 17h17 - Por: Noticias MS


Mato Grosso do Sul gerou 1.589 vagas de emprego em janeiro de 2018. O resultado é o melhor para o mês dos últimos seis anos, de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira (2) pelo Ministério do Trabalho e Emprego por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No primeiro mês do ano o setor agropecuário gerou 798 vagas, os Serviços foram responsáveis por outros 775 empregos e a Indústria de Transformação abriu 366 postos de trabalho. A Construção Civil também teve saldo em janeiro, com 152 vagas, enquanto que os fechamentos ocorreram com mais intensidade no Comércio, que eliminou 481 postos.

Análise feita pela equipe econômica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), destaca que o resultado positivo de janeiro é bastante influenciado por acontecimentos sazonais, como o início da colheita de soja na agricultura e o fim do período de vendas altas do comércio.

Titular da Semagro, Jaime Verruck, destaca a recuperação da indústria no início de 2018, responsável pela geração de 133 vagas no segmento de alimentos e bebidas, 70 no setor farmacêutico, 51 na indústria mecânica e outras 55 na indústria têxtil. Além disso, a Construção Civil quebrou a sequência de quedas com a geração de 152 vagas em janeiro.

"Os números positivos são reflexos da retomada da economia nacional, que também apresentou bons resultados. Além disso, a maior confiança do empresário na economia impacta diretamente na geração de emprego, com melhores perspectivas de investimentos e vendas", destacou.

Entre os municípios, destaque para as 452 vagas criadas em Campo Grande e outras 284 em Caarapó, região Sul do Estado. Nova Andradina (255), Dourados (177) e Costa Rica (143) foram outras cidades do Estado com destaque na geração de emprego em janeiro.


Envie seu Comentário