Comércio prevê vendas de R$ 5,2 bilhões no Dia dos Pais

Portal Brasil 12/08/2017 08h14

 
Com expectativa de aumento de vendas no Dia dos Pais, comércio deve contratar 22,3 mil trabalhadores
Toninho Tavares/Agência Brasília Com expectativa de aumento de vendas no Dia dos Pais, comércio deve contratar 22,3 mil trabalhadores
Toninho Tavares/Agência Brasília

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que o próximo Dia dos Pais deve movimentar R$ 5,2 bilhões, uma alta de 3,1% na comparação com o mesmo período de 2016. Os dados foram divulgados pela instituição na quinta-feira (10).

"A queda das taxas de juros, influenciada pela significativa desaceleração da inflação, contribuirá para reverter as perdas do setor nos últimos anos no Dia dos Pais", afirmou Fabio Bentes, economista da CNC.

Segundo dados do Banco Central, em média, houve recuo de 8,3 pontos percentuais nos juros dos empréstimos e financiamentos tomados pelas famílias. O crédito mais barato tem seguido o movimento de queda da taxa básica de juros (Selic).

Segundo a CNC, as vendas no segmento de hiper e supermercados devem ser destaque no período, com R$ 1,96 bilhão, o equivalente a 34,4% das vendas.

A lista segue com artigos de uso pessoal e doméstico, como utilidades para o lar e eletrônicos (R$ 712,3 milhões ou 12,5% do total) e vestuário e calçados (R$ 656,3 milhões).

Contratações para o Dia dos Pais

Para a entidade, a recuperação das vendas para a data deve levar a um ligeiro aumento na contratação de trabalhadores temporários. A expectativa da CNC é de que 22,3 mil sejam contratados para atender à demanda do período.


Envie seu Comentário