21.6 C
Dourados
quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Bitto recebe apoio de advogados trabalhistas, criminalistas e de professores

- Publicidade -

Os advogados que atuam nas áreas trabalhista e previdenciária, os professores universitários e também os advogados criminalistas, demonstram nesta reta final de campanha nas eleições para a Seccional Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), que o advogado Bitto Pereira é a melhor opção no processo eleitoral para a Ordem.

O presidente da comissão de advogados trabalhistas, Diego Augusto Granzotto Pinheiro, ressaltou vitórias da categoria nos últimos anos, lembrou do apoio que o atual presidente Mansour Karmouche tem dado à advocacia trabalhista, e lembrou que Bitto está comprometido com este segmento.

“Bitto vai manter a liberdade e abertura das comissões, como já temos. Também temos apoio em questões importantes, como por exemplo, na luta pelo alvará eletrônico durante a pandemia”, disse.

Aos advogados trabalhistas, Bitto Pereira, lembrou que como conselheiro federal, atuou em favor da advocacia trabalhista no Conselho Nacional de Justiça. “Estivemos presentes em defesa de nossos colegas, na prática, e não somente em discurso”, lembrou.

Bitto e os integrantes também estiveram com advogados criminalistas e professores.

“Aceitei essa caminhada para conhecer o Bitto. É professor, não é um forasteiro que vem pedir votos para vocês a cada três anos. Ele está na OAB, desde que fez o seu registro, atuando em defesa e em favor a advocacia”, lembrou Andréia Flores, professora universitária, advogada e conselheira federal na Chapa Mais OAB 22.

ADVOGADOS

A advogada Thaís Nascimento Moreira, manifestou seu apoio à Bitto Pereira. “Ele vai fazer a diferença na advocacia. Ele é de fato a favor da paridade, lutou por isso. Já acontece na prática, e para nós mulheres, isso é uma conquista”, disse.

Katia Paiva, advogada há 21 anos, também está com Bitto, e lembra de seu histórico.

“Extremamente bem preparado, pela história de dedicação, voluntariado. Desde 1999 que ele vem se dedicando à OAB”, lembrou

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-