32.9 C
Dourados
quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Gasolina teve alta de 32% nos postos de Dourados em 2021

- Publicidade -

Combustível já teve o 1ª aumento (4,85%) no preço médio de venda para distribuidoras em 2022. Reajustes nas refinarias somam 73% desde janeiro do ano passado

O ano de 2022 mal começou e a Petrobras já realizou o primeiro aumento nos preços dos combustíveis. No dia 12 de janeiro a gasolina teve alta de 4,85% no preço médio vendido para as distribuidoras, que passou de R$ 3,09 para R$ 3,24. A medida impacta no aumento do preço na bomba para o consumidor final.

Os preços dos combustíveis apresentaram pequena queda em dezembro. Segundo o último levantamento de preços da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) em Dourados (MS), entre 2 e 8 de janeiro de 2022, a gasolina estava com preço médio de R$ 6,35, abaixo dos R$ 6,43 registrados em dezembro de 2021, com 1,24% de redução.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a gasolina foi um dos principais itens que puxaram o índice do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) para 10,02% em 2021, maior percentual desde 2015. Conforme o instituto, em todo o país a gasolina teve uma alta de 47,49% para os consumidores em 12 meses, correspondendo a 2,34% do IPCA do ano passado. Já etanol teve impressionante aumento de 62,23% e o óleo diesel teve alta de 46,04%.

Já o preço nas refinarias teve um aumento de 73,45% desde o mês de janeiro de 2021, alta de 68,63% somente em 2021. No ano passado, a Petrobras reajustou o preço da gasolina 16 vezes, sendo cinco reduções de preço. O aumento em janeiro deste ano é o primeiro em 77 dias, que havia sido 7% para as distribuidoras em 26 de outubro de 2021. Em 15 de dezembro houve uma redução de 3,13% nas refinarias. 

Alta de 32% em Dourados

Apesar da queda do preço no final do ano passado, o Sistema de Levantamento de Preços da ANP mostra que a cidade de Dourados acumulou um aumento de 32,19% no preço da gasolina comum nas bombas dos postos de combustíveis da cidade em todo o ano de 2021. Em Mato Grosso do Sul, esse aumento registrado pela ANP foi de 36,75%, com preço médio de R$ 4,737 praticado no estado em janeiro de 2021 e fechando o ano com preço médio de R$ 6,478 no mês de dezembro.

Já entre dez postos de combustíveis de Dourados verificados pela ANP em janeiro de 2021, o preço médio da gasolina comum encontrado foi de R$ 4,864. No levantamento, o preço mínimo era de R$ 4,790 à época e o máximo chegou a R$ 4,949. Após 12 meses, em dezembro 2021, o preço médio dentre 46 postos pesquisados era de R$ 6,430, um aumento de R$ 1,57 no preço por litro ao longo do ano. O preço mínimo era de 6,190 e o máximo R$ 6,749.

O primeiro levantamento de preços realizado pela agência no ano de 2022, entre os dias 2 e 8 de janeiro, verificou 9 postos da cidade. O preço médio sofreu uma queda de 1,19% no município, com valor de R$ 6,353. O preço mínimo encontrado em empresas do setor na cidade era de R$ 6,190 e o preço máximo R$ 6,649. Com o aumento praticado pela Petrobras nas refinarias, a gasolina deve sofrer os primeiros aumentos de preços nas bombas de combustíveis, pesando no bolso do consumidor final.

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-