14.4 C
Dourados
quarta-feira, 18 de maio de 2022

Academia que faz trabalhos sociais conquista 7 medalhas em campeonato de Jiu-jitsu

- Publicidade -

A academia CFC (Cardoso Fight Clube) conquistou 7 medalhas na 2° segunda etapa do campeonato estadual de Jiu-Jitsu, realizada pela FSMJJ (Federação sul-mato-grossense de Jiu-Jitsu) em Dourados, no último final de semana. Três atletas ficaram em primeiro lugar, três em segundo lugar e um na terceira colocação.

A academia, que disponibiliza um projeto social para ajudar a resgatar crianças e adolescentes, entre 5 e 18 anos, em situação de vulnerabilidade social através do judô, pede apoio da sociedade para doação de kimonos e na hora do transporte para levar os atletas para competições.

Os atletas que participaram da competição foram Lucas Nascimento, que lutou na categoria Juvenil 13/14 anos até 60Kg, ficando com o terceiro lugar; Lucas Keithy, na categoria adulto faixa branca, de 77 kg, ficando em segundo lugar;  Thiago Ferreira, na categoria adulto faixa branca, 69 kg, e que ficou em segundo lugar; Fabrizio Gouvea, categoria adulto faixa branca, 85 kg, ficando em segundo lugar.; Antonio Mariano, categoria Kids de 4 a 7 anos, ficando em primeiro lugar; Rick Luz, categoria adulto faixa branca, 77kg, conquistando o  em primeiro lugar; e Daniel Assuiti, categoria faixa marrom Master 2,  ficando em primeiro lugar. 

Projeto

É possível ver no rosto da garotada a alegria de estar recebendo a oportunidade de praticar uma arte marcial. Há 6 meses, o Sensei (professor) João Henrique Cardoso Viana, de 26 anos, teve a iniciativa de oferecer aulas com uma taxa bem significativas da modalidade para 30 Crianças e jovens da região do bairro jardim Flórida.

As aulas acontecem às terças, quintas e sextas-feiras no período matutino, das 9h às 10h e no período da tarde, das 15h às 16h. Dentre as crianças que fazem parte do projeto, 15 participam de competições a nível estadual, buscando vaga para campeonato brasileiro regional que será em Campo Grande.

A principal proposta do projeto é formar cidadãos. Para participar do grupo, os jovens precisam estar matriculados na escola. Eles aprendem não só a arte do judô, como também a filosofia da luta.

São trabalhados valores como disciplina, lealdade, equilíbrio, espírito de solidariedade, além de estimular a autoestima.
Mesmo com os auxílios, as dificuldades são visíveis, sendo as mais principais a falta de kimonos e transporte para competições. Para amenizar o problema, a academia lançou uma campanha para arrecadar materiais usados ou novos.

Já as aulas de jiu-jitsu acontecem de segunda a sexta-feira, das 10h às 11h15 e das 20h30 às 21h45.

A academia fica localizada na rua Antônio Alves Rocha,1610, no jardim Flórida 2, ao lado da pizzaria Degraus, que é uma grande apoiadora da academia.

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-