18.9 C
Dourados
sábado, 21 de maio de 2022

Mapa divulga estudos e pesquisas sobre Zoneamento Agrícola de Risco Climático

- Publicidade -

Por Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) disponibilizou no portal estudos e pesquisas sobre o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). O objetivo é facilitar o acesso de pesquisadores e de estudantes às bibliografias e fomentar novos estudos em gestão de riscos agroclimáticos.

Clique aqui e acesse o Observatório Acadêmico do Zarc

Zarc

O Zarc é um estudo técnico-científico desenvolvido pela Embrapa e parceiros. Os indicativos orientam a contratação de políticas públicas como o seguro rural e a concessão do crédito de custeio oficial. O zoneamento indica os períodos de plantio menos arriscados e relaciona as cultivares mais adaptadas a cada região.

Os agricultores que seguem as recomendações do Zarc estão menos sujeitos aos riscos climáticos e poderão ser beneficiados pelo Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) e pelo Programa de Subvenção ao prêmio do Seguro Rural (PSR). Muitos agentes financeiros só permitem o acesso ao crédito rural para cultivos em áreas zoneadas e para o plantio de cultivares indicadas nas portarias de zoneamento.

Ouça o Mapacast sobre Zarc

Utilizado como uma ferramenta de gestão de riscos, o Zarc vem sendo abordado com maior frequência dentro das universidades, centros de ensino e de pesquisa agropecuária. “O Observatório Acadêmico do Zarc é um compilado para incentivar estudantes e pesquisadores a acessarem de forma facilitada as bibliografias sobre o zoneamento, que conta até o momento com 72 publicações. Novos estudos podem ser inseridos e esperamos que a academia fomente mais esse tema”, explica o diretor do Departamento de Gestão de Riscos do Mapa, Pedro Loyola.

Os pesquisadores interessados em publicar os conteúdos neste observatório deverão encaminhar e-mail para [email protected] com o assunto “OBSERVATÓRIO DO ZARC”. Além disso, deve anexar os estudos em formato PDF (nomeado com “ano – autor principal – título do estudo”) e solicitar a disponibilização do estudo no portal do Mapa, informando onde foi publicado o artigo ou estudo.

Os conteúdos serão analisados pela equipe do Mapa e, se estiverem de acordo com a proposta do observatório, serão disponibilizados ao público no site.

Além disso, o Departamento de Gestão de Riscos da Secretaria de Política Agrícola do Mapa disponibiliza o acesso às portarias de Zarc, onde o público pode consultar as cultivares indicadas e as datas de semeadura/plantio de cada cultura

Para mais informações sobre o Observatório do Zarc, envie e-mail para [email protected]

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-