18.9 C
Dourados
sábado, 21 de maio de 2022

Com dois feriados prolongados, Bonito registra o melhor mês de abril em 8 anos

- Publicidade -

Acompanhando o novo comportamento do turismo pós-pandemia do coronavírus, Bonito registrou no mês de abril, com dois feriados prolongados (Páscoa e Tiradentes), a maior taxa de visitantes em oito anos de pesquisas do Observatório de Turismo (OTEB), coordenado pelo Bonito Convention & Visitors Bureau. O badalado destino de ecoturismo do Brasil recebeu 22.527 turistas, superando 2016 e 2019, que registraram 16.925 e 15.991.

“Estamos voltando aos números expressivos anteriormente à pandemia, com um crescimento também na presença de sul-mato-grossenses”, avalia Janaína Mainchein, coordenadora do OTEB. Segundo ela, os feriados de abril registraram maior fluxo de turistas do Paraguai e da Bolívia, os quais representaram quase 3% do total de visitantes estrangeiros no mês. A presença de sul-mato-grossenses foi de 6,90%, enquanto os paulistas, 36,26%.

A taxa de ocupação hoteleira foi a segunda melhor do quadrimestre: 57%. Nos feriados, chegou a 73% na Semana Santa e 72% no Tiradentes. Depois de uma queda em fevereiro e março, o movimento de desembarque no aeroporto estadual voltou a crescer, com 2.091 passageiros. Em janeiro, somou 2.508, e em março, 1.290. O destino ganhou voos extras de 1 a 5 de julho, da Gol, em conexão direta com Congonhas.

Voos extras

Nos primeiros quatro meses do ano, Bonito recebeu 86.985 visitantes. Em 2021, ano da retomada do turismo no Estado, somou 205.460, terceiro maior público desde 2005. Os meses de maio e junho correspondem a baixa temporada, com promoções na rede hoteleira e nos passeios. Segundo os operadores locais, as férias de julho devem atrair mais de 20 mil turistas com o incremento dos voos extras conquistadas pela política do Governo do Estado de incentivo ao setor aéreo.

Segundo Janaína Mainchein, deve prevalecer em maio e junho maior presença de turistas de Mato Grosso do Sul, especialmente nos fins de semana. “Vai depender das condições climáticas, mas deve manter essa tendência. Os sul-mato-grossenses, geralmente, decidem viajar para o destino em cima da hora”, explica. As pesquisas demonstram que o visitante do Estado se divide entre os passeios e lazer nos hotéis com piscinas.

Em relação ao número de visitações, o boletim divulgado pelo OTEB revela que os atrativos de Bonito receberam 66.664 visitações em abril, número inferior apenas a janeiro (123.989, que foi recorde em oito anos de pesquisas. Os passeios mais frequentados foram: balneários (18.457 vouchers comercializados), flutuação (16.218), grutas (9.190) e cachoeiras (7.536). A Gruta do Lago Azul teve 68% de sua capacidade ocupada.

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-