25.4 C
Dourados
segunda-feira, 4 de julho de 2022

Comunidade terá SAMU indígena em Dourados

- Publicidade -

 intervenção de Geraldo Resende em favor de Dourados não deixou de lado uma importante parcela da população, que sofre mazelas ainda maiores na área de saúde, principalmente pela dificuldade de acesso aos serviços ofertados na área urbana: a população indígena.

Desta forma, o ex-secretário pediu à equipe técnica da SES e articulou com a administração douradense, o repasse de recursos destinados à ativação de uma unidade do SAMU Indígena, visando o transporte adequado de pacientes das aldeias para unidades de saúde, quando necessário.

Para a aquisição da Unidade Móvel (SAMU) exclusivamente para transporte pré-hospitalar de indígenas o governo do Estado destinou R$ 390 mil, incluindo o repasse mensal de R$ 30 mil, garantindo o custeio da unidade.

Hospital Porta
da Esperança


Também para o atendimento da comunidade indígena, o então secretário de Saúde Geraldo Resende e demais autoridades, assinaram protocolo que garante a oferta de 10 leitos de saúde mental no Hospital Porta da Esperança.

A estrutura vai propiciar tratamento de transtorno mental e dependência de álcool e drogas na unidade hospitalar administrada pela Missão Evangélica Caiuá. O repasse mensal do Estado previsto para a manutenção desses leitos é de R$ 40 mil por mês.

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-