31.6 C
Dourados
segunda-feira, 4 de julho de 2022

Campanha cria pontos de coleta de roupas de frio no comércio, empresas e na prefeitura

- Publicidade -

A campanha Inverno Solidário “É tempo de aquecer” da Prefeitura de Dourados lançada no dia 16 de maio, já está arrecadando peças de agasalho para doar a população carente da cidade. Nesta manhã (20), representantes da Agehab (Agência Municipal de Habitação), Semas (Secretaria Municipal de Assistência Social) e Semds (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) se reuniram com alguns apoiadores para distribuir o material que será usado nos pontos de arrecadação.

“No ano passado arrecadamos mais de duas toneladas de roupas, esse ano contamos com nossos parceiros e apoiadores da sociedade civil para ultrapassar esse resultado. Temos empresas, escolas, lojas, instituições, órgãos públicos, todos unidos pela causa”, disse Diego Zanoni, diretor-presidente da Agehab.  

Podem ser doadas peças de frio como luvas, casacos, blusas, jaquetas, toucas, sapatos, cobertores, calças, cachecóis em bom estado de uso. As doações podem ser entregues até o dia 29 de julho em um dos pontos de coleta. 

Até o momento, a campanha conta com pelo menos 30 pontos localizados na Agehab; Semas; Semdes; Procon; Central do Cidadão; Guarda Municipal; Shopping Avenida Center, Aced; (Associação Comercial e Empresarial de Dourados); CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas); Supermercados Chama; Mercados Líder; Influx; Piaseg; Auto Escola Liderança; Clube Indaiá; Tv RIT; DZM Eventos; Conped (Conselho de Pastores Evangélicos de Dourados); Sicredi; Senai; Senac; Unigran; Instituto Animal; TOP 15; Gazin e Associação Médica. 

A campanha vai contar ainda com dois “Dia D” de arrecadação. Dia 04 de junho na Praça Antônio João e dia 18 de junho no Shopping Avenida Center. Durante todo o período de arrecadação, quem deseja ser um apoiador pode entrar em contato pelo WhatsApp (67) 3411-7720.

Os agasalhos serão entregues para famílias necessitadas nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e também distribuídos em bairros carentes e instituições, conforme a demanda passada pela Secretaria de Assistência Social.

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-