29.1 C
Dourados
sexta-feira, 1 de julho de 2022

Jogadores que foram ídolos em mais de um time brasileiro

- Publicidade -

Ser ídolo de um clube é algo que pouquíssimos jogadores conseguem ao longo de suas carreiras. Agora, fazer isso por mais de uma equipe é algo ainda mais raro de acontecer, sobretudo no Brasil. Sendo assim, você precisa conhecer alguns dos jogadores que foram ídolos em mais de um time brasileiro. 

De tempos em tempos, os clubes brasileiros elegem um ídolo recente para levantar a bandeira da equipe. Muitos jogadores ganham esse status da torcida por conta de títulos conquistados ou pela própria dedicação e identificação em campo, ainda que tenham ficado poucos anos no clube. 

Já outros, alcançam esse status por se destacarem individualmente tanto no clube quanto na seleção – e por aí vai. Confira a lista: 

Paulo Nunes – Palmeiras e Grêmio 

O atacante Paulo Nunes é uma das figuras que entrou para a seleta lista de jogadores que foram ídolos em mais de um time brasileiro. O Diabo Loiro, como chegou a ser chamado, foi peça importante em todos os times por onde jogou. No entanto, o auge da sua carreira foi em dois grandes clubes diferentes: Grêmio e Palmeiras.

Pelo Palmeiras, Paulo Nunes se tornou ídolo ao ganhar títulos importantíssimos em uma das melhores fases do clube. O atacante goleador, que chegou a marcar 30 gols com a camisa alviverde em 1998 e 28 em 1999, venceu a Copa do Brasil de 98, Mercosul de 98 e Libertadores de 99. 

Já pelo Grêmio, o atleta também colecionou títulos com a equipe: Libertadores de 95, Campeonato Gaúcho de 95 e 96, Recopa de 96, Brasileiro de 96 e Copa do Brasil de 97. Naquela década, por onde passou, Paulo Nunes foi lembrado. 

Alex – Palmeiras e Cruzeiro 

Dessa lista, somente um jogador conseguiu ser ídolo em praticamente todos os clubes por onde passou. E esse jogador é o meia Alex, um dos grandes camisas 10 brasileiros da década de 1990 e 2000, o qual brilhou por pelo menos quatro times: Coritiba, Palmeiras, Cruzeiro e Fenerbahçe. 

Alex é ídolo absoluto tanto do Palmeiras quanto do Cruzeiro no Brasil. No entanto, é tido como o melhor jogador da história do Fenerbahçe, ganhando até mesmo uma estátua em frente ao estádio do clube. Pela equipe Alviverde, ele jogou entre 1997 e 2000, com duas passagens posteriores, tendo marcado 73 gols e conquistado a Rio São Paulo de 2000 e Libertadores de 99 e Copa do Brasil de 98.

No Cruzeiro, ele jogou entre 2001 e 2004, sendo a principal peça da histórica campanha da Raposa em 2003, quando conquistou o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Campeonato Mineiro. Com a camisa cruzeirense, foram 63 gols – incluindo incríveis 38 na temporada de 2003. 

Bebeto – Flamengo e Vasco 

E para finalizar a lista de jogadores que foram ídolos em mais de um time brasileiro, não há como não citar Bebeto, um dos principais atacantes do Brasil do século passado. O jogador se tornou não apenas ídolo do Flamengo, por onde jogou de 1983 a 1988, como também do maior rival, o Vasco, onde atuou de 1989 a 1992.

Com a camisa rubro-negra, o atacante venceu o Campeonato Brasileiro de 1983 e 1987 e o Campeonato Carioca de 1986. Já com o Gigante da Colina, Bebeto venceu o Campeonato Brasileiro de 1989 e o Carioca de 1992. E ainda deu tempo para ser ídolo em outro clube: o Deportivo La Coruña, da Espanha. 

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-