16.5 C
Dourados
sábado, 2 de julho de 2022

Homem que matou ex diz que queria apenas ‘assustá-la’; Justiça decreta prisão

- Publicidade -

Um homem identificado como Roberto, de 45 anos, se apresentou ontem (20) na Delegacia de Polícia Civil acompanhado de um advogado. O homem é o autor do feminicídio ocorrido na madrugada do último dia 16, no distrito de Macaúba, em Dourados.

A vítima Lucilene Nobel da Silva, de 38 anos, ex-mulher de Roberto, foi morta pelo homem dentro da residência onde ela morava e estava na companhia do filho de 4 anos e do namorado. Roberto teria forçado a abertura da janela da sala, de onde efetuou os disparos. A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Durante oitiva na Delegacia, ele afirmou ao delegado que os tiros foram no intuito de assustar a mulher, sem a intenção de matá-la. Ele alegou ainda que a mulher tentou tirar a espingarda da mão dele e nesse momento ocorreu o disparo acidental.

A Justiça decretou a prisão preventiva de Roberto. Ele está preso provisoriamente na Depac e em breve será encaminhado para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-