10.1 C
Dourados
sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Migração da carne bovina para a suína continuou favorecendo os consumidores em maio

- Publicidade -

Portal do Agronegócio

Como a carne suína teve um incremento maior que a carne bovina junto aos consumidores, houve leve retração na quantidade de carne suína adquirida pela população com o dispêndio necessário para adquirir o kg de carne bovina.

A relação mostra que, em maio, com o valor dispendido na aquisição de um kg de carne bovina, o consumidor pôde adquirir até 1,815kg de carne suína, aumentando em 11,6% a quantidade em comparação com o mesmo período do ano passado, quando adquiriu apenas 1,627kg.

O acompanhamento realizado pelo SuiSite aponta que a melhor relação para os consumidores aconteceu em fevereiro último, quando com o valor necessário para adquirir um kg de carne bovina o consumidor adquiriu quase 1,9 kg de carne suína, enquanto a pior relação foi logo na abertura do ano, quando alcançou apenas 1,737 kg.

Nos primeiros cinco meses de 2022 a relação apresentou incremento anual de 16,6%, enquanto nos últimos doze meses – junho de 2021 a maio de 2022 – a relação média alcançou 1,745kg, significando crescimento de 13% em relação ao mesmo período imediatamente anterior.

Fonte: SuiSite

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-