23.7 C
Dourados
quinta-feira, 30 de novembro de 2023

5º Congresso Missionário Nacional aponta pistas para ampliar ação missionária da Igreja no Brasil

- Publicidade -

CNBB

O 5º Congresso Missionário Nacional foi concluído na última quarta-feira, 15 de novembro. O evento, realizado em Manaus (AM), desde o dia 10, reuniu cerca de 800 participantes, com representações de todas as regiões do Brasil. Inspirados pelo tema “Ide! Da Igreja local aos confins do mundo” e pelo lema bíblico partilhado com o 3º Ano Vocacional, “Corações ardentes, pés a caminho”, os missionários divulgaram ao final do evento uma carta compromisso. No texto, apontam pistas para ampliar e dinamizar as prioridades do Programa Missionário Nacional.

“Queremos, como os discípulos de Emaús, continuar tecendo caminhos de busca, de escuta e de transformação para que o Ressuscitado abra os nossos olhos, converta os nossos corações e nos impulsione para a missão permanente. Somos inspirados a reconhecê-Lo no cotidiano dos povos, em suas sabedorias, suas culturas, seus ritos, seus territórios e suas histórias”, escreveram.

Também na carta, os participantes refletiram sobre a identidade missionária da Igreja, que é nutrida e sustentada pela missão. “Uma missão fundamentada no diálogo recíproco, que possibilita incluir o estranho, as periferias, entrar na casa dos pobres, escutar seus clamores, sem preconceito, crítica, arrogância ou rejeição, desde a lógica diferente de Deus. Uma missão que inclui a todos, e que gera espaços de escuta e comunhão”.

Programa Missionário Nacional

O Congresso foi oportunidade para refletir e aprofundar o conteúdo do Programa Missionário Nacional (PMN). Na carta, os participantes reafirmam a relevância e a atualidade do documento cujo processo de construção iniciou no 4º Congresso Missionário Nacional, em Recife, no ano de 2017.

O PMN definiu quatro prioridades para a ação missionária da Igreja no Brasil: formação missionária, animação missionária, missão Ad Gentes e compromisso profético-social. Para cada uma dessas prioridades, foram indicadas na carta pistas para ampliação e dinamização.

Leia a carta compromisso na íntegra. 

Frutos

É na perspectiva das prioridades do PMN que devem surgir os frutos deste 5º Congresso Missionário Nacional. A diretora das Pontifícias Obras Missionárias, irmã Regina da Costa Pedro, quer que o Congresso “contribua na revitalização do Programa Missionário Nacional, ajudando a gerar diretrizes missionárias para a Igreja no Brasil. Que ele ofereça pistas para que as POM possam realizar seu serviço de ajudar cada Igreja local a ser missão a partir do seu território e até os confins da terra”.

Em sua conferência, a religiosa confiou estes sonhos “à ação criadora e recriadora do Espírito e à intercessão de Maria, Mãe Missionária, para que se tornem realidade na caminhada de conversão missionária da Igreja peregrina em terras brasileiras”.

Pode ser uma imagem de 3 pessoas e multidão

Congresso

Participaram do Congresso 800 pessoas, das quais: 40 bispos, 150 consagrados e consagradas, 110 presbíteros, 10 diáconos, 30 seminaristas, 300 leigos e leigas, representantes de povos originários e 200 voluntários e voluntárias das equipes de Manaus.

A cada dia, foi foram desenvolvidas conferências e painéis temáticos. Também foram realizadas oficinas e promovidos momentos de reflexão e debates em grupos. Os participantes ainda vivenciaram a realidade local, com recepções e atividades nas comunidades paroquiais da arquidiocese de Manaus. No último domingo, a Romaria dos Mártires foi momento marcante na programação do congresso.

Pode ser uma imagem de 9 pessoas, multidão e texto
5º Congresso Missionário Nacional aponta pistas para ampliar ação missionária da Igreja no Brasil
5º Congresso Missionário Nacional aponta pistas para ampliar ação missionária da Igreja no Brasil
Foto: Victória Holzbach/CNBB Sul 3

Com informações e fotos das Pontifícias Obras Missionárias

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-