26.3 C
Dourados
domingo, 3 de março de 2024

Criação do Dia Nacional do Rosário da Virgem Maria vai a Plenário

- Publicidade -

Fonte: Agência Senado

A Comissão de Educação e Cultura (CE) aprovou, na terça-feira (28), projeto que cria o Dia Nacional do Rosário da Virgem Maria, a ser celebrado anualmente em 7 de outubro. O PL 4.943/2023, da Câmara dos Deputados, é relatado pelo senador Astronauta Marcos Pontes (PL-SP). Agora, o texto será analisado pelo Plenário, com pedido de urgência aprovado.

A data escolhida é a mesma em que é celebrado o dia de Nossa Senhora do Rosário. De acordo com a fé católica, em 7 de outubro de 1212, Maria fez uma aparição na França. No episódio, ela entregou um rosário, também conhecido como terço, a São Domingos de Gusmão.

A devoção do Rosário consiste na contemplação da vida de Jesus em quatro momentos, chamados de Mistérios: os Mistérios Gozosos, Luminosos, Dolorosos e Gloriosos. A reflexão é feita durante a oração das diversas fases de Jesus em sua vida na Terra.

Para Marcos Pontes, esse é um reconhecimento para milhões de brasileiros que professam a mesma fé:

A prática da oração do Rosário tem sido adotada por várias congregações católicas no Brasil e no mundo. Inclusive, nos últimos tempos várias instituições católicas vêm utilizando orações coletivas do Rosário, como por exemplo, o Terço dos Homens, Terço das Mulheres — expôs o relator.

O senador Laércio Oliveira (PP-SE) afirmou que esse é um tema importante, independente de qualquer que seja a religião. 

Presidente da CE, o senador Flávio Arns (PSB-PR) afirmou que “temos que unir as religiões” para o bem comum.

O que nós temos que pensar é que nós temos que unir as religiões. Quer dizer, todas elas convergirem. Eu acho que isso que é o importante, independente dessa denominação ou outra denominação. É que nem o papa Francisco colocou quando as pessoas foram lá falar sobre os católicos, e ele disse, vamos fazer uma força para chamarmos de cristãos, todos que estão nessa caminhada. A favor dessa convergência, para o bem comum, né?

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-