33.2 C
Dourados
quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Inmetro divulga nova tabela do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular

- Publicidade -

NOTÍCIAS GOV

Em sua 16ª edição em 2024, o Programa Brasileiro de Etiquetagem de Veículos (PBEV), abrange o estudo de 36 Marcas, com adesão de todos os fabricantes e importadores de veículos leves. Um total de 813 modelos e versões foram elencados na tabela. Desses modelos, 115 ostentam o Selo Conpet de Eficiência Energética. Esse selo indica os destaques das categorias e nos demais atributos.

O PBEV é coordenado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), através do Selo Conpet de Eficiência Energética, em parceria com o Ministério de Minas e Energia (MME) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O Programa de Etiquetagem tem o objetivo de elencar atributos como eficiência energética, consumo, autonomia e emissão de gases de todos os carros de passeio, picapes e utilitários à venda no Brasil.

Segundo o Presidente do Inmetro, Marcio André Oliveira Brito, a partir dessas informações, o consumidor pode tomar sua decisão de compra, de forma mais assertiva. Os resultados da análise da tabela PBE Veicular, também estimulam a competitividade da indústria para produzir cada vez mais produtos eficientes e com benefícios para o consumidor final, não deixando de lado a proteção ao meio ambiente.

“Com essa atualização, todos os envolvidos nessa atualização tecnológica saem ganhando. A Indústria está sendo estimulada para o desenvolvimento constante, e o consumidor passou a ter informações transparentes que dão privilégios na hora de comprar o seu veículo. Além de consumo, autonomia e desenvolvimento do veículo, é importante saber que o meio ambiente está sendo considerado nesse processo de inovação”, informou Márcio André.

Desde 2023 a tabela passou a apresentar para o consumidor, a autonomia dos veículos elétricos em distância percorrida, e não mais a conversão em km/l.

Segundo Victor Simão, coordenador do PBEV, esse tipo de apresentação de dados se deve a evolução do mercado de carros elétricos, e é resultado da conclusão dos debates feitos com toda a indústria, consolidados através da portaria 169/2023.

“A Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, a ser fixada nos vidros dos veículos, apresenta a classificação de eficiência energética de A (mais eficiente) a E (menos eficiente), além de informar o consumo e a autonomia dos modelos elétricos, quantos quilômetros o carro percorre com bateria carregada, e os dados de emissão de gases poluentes e de efeito estufa (CO2), para os modelos a combustão e híbridos”, disse Victor.

A tabela antecipa o top 5 de lançamentos e novas versões de 2024, composta por: pelo Citroen C3 Aircross, Honda Accord Hybrid, Mitsubishi Eclipse Cross – Rush 1.5T Turbo, Renault Mégane E-Tech Elétrico, e o Volvo EX30 Elétrico. Podemos dividir todos os participantes do Programa pelo seu tipo de propulsão, sendo, sendo 96 modelos elétricos, 66 modelos híbridos tipo plug-in, 124 modelos híbridos, 273 Flex, 281 à gasolina e 164 a Diesel.

Top 3

Em 2024, no topo da tabela de carros mais eficientes, temos três modelos elétricos: BYD Dolphinn, GS 180EV; o Renault Kwid, Intense; e o Hyundai Kona EV, EV39. Sendo o Renault Kwid, Intense com propulsão elétrica, também o veículo mais econômico na categoria sub compacto.

Quando se fala de carro mais econômico na categoria compacto elétrico, apontamos o Mini Cooper S Eletric; e na categoria médio, temos o BYD Dolphin, GS 180EV.

Na categoria compacto com propulsão a combustão, o mais econômico é o Hyundai HB20 1.0. Na categoria médio a combustão, temos o Chevrolet Onix Plus 1.0.

Mas se o seu foco neste ano é um SUV, o veículo à combustão mais econômico em destaque é o Utilitário Esportivo Compacto Renault Kwid 1.0; Enquanto o elétrico que se destacou na categoria foi o utilitário Esportivo Grande Volvo XC40 P6 Recharge.

Pensando no meio ambiente, os veículos a combustão com menores índices de emissões de CO2, são: Renault Kwid 1.0, Chevolet Onix Plus 1.0, e o VW Polo TSI Manual, Chevrolet Onix 1.0; e os Polo Track e MPI.

Você pode consultar os destaques da categoria utilitário-esportivo mais eficientes e os carros elétricos com maior autonomia na tabela geral. A planilha pode ser consultada na íntegra, através do link https://www.gov.br/inmetro/pt-br/assuntos/avaliacao-da-conformidade/programa-brasileiro-de-etiquetagem/tabelas-de-eficiencia-energetica/veiculos-automotivos-pbe-veicular

Normas e Metodologias do PBE Veicular

Vale ressaltar que o PBE Veicular segue as mesmas diretrizes definidas em 2015 pelo Inovar Auto e que se mantiveram presentes no Programa Rota 2030, ambos programas do Governo Federal, para estimular a melhoria da segurança e da eficiência energética de carros elétricos, tanto a combustão, quanto elétricos.

Os ensaios do PBEV são baseados na metodologia norte-americana da Society of Automotive Engineers (SAE), e os dados de eficiência energética dos veículos elétricos seguem a mesma metodologia definida pela Environmental Protection Agency (EPA), nos Estados Unidos, e que já foi referendada junto às montadoras e importadores de veículos no Brasil desde 2020.

Por: Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro)

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-