33.2 C
Dourados
quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Campanha Brasil Unido Contra o Crime detalha investimento de R$ 18 bi em Segurança Pública

- Publicidade -

NOTÍCIAS GOV

O investimento de R$ 18 bilhões do Governo Federal em segurança para fortalecer o combate à corrupção, às milícias e o controle de fronteiras é o tema principal do terceiro vídeo da campanha Brasil Unido Contra o Crime, conjunto de peças publicitárias que envolve produtos para televisão, anúncios para veículos impressos, banners e posts para divulgação em redes sociais e spots de rádio.

Em novembro de 2023, com o objetivo de reforçar o combate ao crime organizado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou um decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Foram realizadas ações preventivas e repressivas nos portos do Rio de Janeiro e de Itaguaí e nas Baías de Guanabara e de Sepetiba, no Rio. Também houve operações na área brasileira do Lago de Itaipu, no Porto de Santos (SP), além dos aeroportos internacionais Tom Jobim (RJ) e de Guarulhos (SP).

De 6 de novembro de 2023 a 23 de janeiro de 2024 foram feitas 109.437 revistas em veículos, 286.234 revistas em passageiros e cerca de 9,1 mil caminhões de carga foram vistoriados. O Governo Federal apreendeu 77 toneladas de drogas e prendeu 1.017 pessoas. O valor total da descapitalização do crime organizado por meio da GLO chegou a R$ 1,4 bilhão.

Queda Histórica — A peça ressalta ainda que, num trabalho coordenado com estados e municípios, o país teve redução de 4,17% no registro de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). O número de assassinatos é o menor desde 2010. A redução representa quase 2 mil vidas salvas de brasileiros e brasileiras.

No balanço realizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública na última quarta-feira (31/01), o Governo Federal informou ainda que mais de R$ 389 milhões foram aplicados na compra de equipamentos, viaturas, armamentos e drones aos estados, em um esforço de melhorar e ampliar o trabalho local das polícias militar e civil.

O Governo Federal também teve reduções expressivas de 2023 em relação a 2022 em índices como roubo de veículos (queda de 9,78%), roubo de cargas (queda de 11%) e a redução de 40,91% dos crimes contra instituições financeiras. Outros dados simbólicos são um total de R$ 897 milhões em bens e valores apreendidos no combate à corrupção e o crescimento de 25% no número de apreensões de armas ilegais.

Por: Secretaria de Comunicação Social (Secom)

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-