26.6 C
Dourados
sexta-feira, 19 de abril de 2024

Com 31 mil vacinados contra dengue, Dourados tem pouco mais de dois meses para atingir meta de 150 mil

- Publicidade -

O município de Dourados tem até o final de maio para aplicar a primeira dose contra a dengue e a segunda até o final de agosto. A informação é do secretário municipal de saúde, o médico Waldno Lucena Junior. Essa realidade, no entanto, está bem distante, já que até agora foram aplicadas 31.100 doses. A meta é chegar a 150 mil vacinados.

Dourados é o primeiro e único município no país a ofertar vacinação em massa contra a dengue. A aplicação da vacina começou dia 3 de janeiro e toda a população com idade entre 4 e 59 anos pode ser imunizada. O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre elas.

Embora todas as unidades básicas de saúde apliquem as doses entre 7h e 11h e 13h e 17h (segunda a sexta) e a sala de vacinação do PAM das 13h às 19h (segunda a sexta) e aos sábados das 8h às 13h, a procura está bem abaixo da meta de atingir vacinação em massa.

Ainda assim o secretário de saúde acredita que a procura espontânea está bastante satisfatoria. “Precisa sim ampliar para atingir a meta nos próximos dois meses, para alcançar o restante da população, que é a maioria”, disse Waldno Lucena Junior.

Para alavancar a aplicação de doses, a Secretaria Municipal de Saúde passou a ofertar vacina no shopping, aos finais de semana, e nas ações sociais em bairros. Na próxima semana levará ponto de vacinação à praça Antônio João, no centro da cidade. “Vamos também atender nas empresas, buscar essa população faltante”, afirmou. Algumas indústrias já foram ponto de vacinação aos funcionários.

Com 31 mil vacinados contra dengue, Dourados tem pouco mais de dois meses para atingir meta de 150 mil

Waldno é o secretário municipal de saúde em Dourados

Waldno explica que a vacina tem prazo de validade, por isso a primeira dose tem que ser aplicada até o final de maio, de forma que, a segunda, seja até o final de agosto. “A gente entende que o cidadão douradense deveria aproveitar essa oportundade, de ser o único município do país para ter acesso a essa faixa etária dos 4 aos 59 anos. Para os demais municípios do país não haverá vacinação em massa”, comparou.

Questionado se as vacinas caíram descrédito no pós pandemia, o médico relatou que entende o questionamento de muitas pessoas sobre a vacina da Covid-19, criada às pressas, mas a vacina da dengue vem sendo estudada há cerca de 8 anos e utiliza tecnologia tradicional de todas as vacinas já conhecidas.

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-
Verified by MonsterInsights