MS celebra 41 anos com instalação de monumento histórico

Feriado contará com apresentações artísticas e culturais, ciclismo, teatro e inauguração de espaço na Orla Ferroviária da Capital

Também para celebrar o aniversário do Estado e o feriado prolongado acontece hoje o passeio ciclístico De Arraial de Santo Antônio à Capital

10/10/2018 10h12 - Por: Elvio Lopes


 
Monumento Maria Fumaça, que será instalado hoje em Campo Grande Monumento Maria Fumaça, que será instalado hoje em Campo Grande

Mato Grosso do Sul celebra, nesta quinta-feira (11), seu 41º aniversário de criação, porém, com poucas comemorações oficiais alusivas ao momento histórico em que o Estado foi desmembrado do então gigante territorial Mato Grosso e, entre as atividades marcarão a data, como apresentações artísticas e culturais, shows regionais, teatro, passeio ciclístico e a inauguração de um monumento aos 100 anos de elevação de Campo Grande à categoria de cidade.

A inauguração do Monumento da Maria Fumaça está programado para hoje a partir das 19h, na Orla Ferroviária, no trecho entre a Avenida Mato Grosso e a Rua Antônio Maria Coelho, com shows de Geraldo Espíndola, que compôs uma música inédita especialmente para a data e de Almir Sater, com entrada franca. O evento é realizado pelos governos estadual e municipal e a instalação do monumento, a aquisição da máquina e a urbanização do espaço, pelas empresas Plaenge, Engepar e Fort Atacadista e a Colônia Japonesa da Capital.

O Monumento Maria Fumaça, com cinco metros de altura e 20 metros de comprimento, pesando 20 toneladas, foi instalado em uma estrutura que oferece a impressão de que a máquina está suspensa, uma homenagem ao centenário de elevação do então povoado de Santo Antônio de Campo Grande, à categoria de cidade e, junto à estrutura um totem com código eletrônico indica informações sobre a locomotiva produzido pelo historiador Paulo Cabral, do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul (IHGMS).

Além do monumento, segundo a diretora-presidente do Instituto de Planejamento Urbano de Campo Grande (Planurb), Berenice Jacob, a Orla Ferroviária contará com outras melhorias, com bicicletários, totens com QRCode, internet, equipamentos esportivos, playground e habitações de interesse social, compreendendo o trecho desde a Avenida Mato Grosso, onde está instalada a Esplanada Ferroviária, até Avenida Afonso Pena e na Avenida Calógeras entre as ruas 7 de Setembro e Antonio Maria Coelho.

OUTROS

Também para celebrar o aniversário do Estado e o feriado prolongado – sexta-feira é feriado nacional, dia da Padroeira do Brasil, NS Aparecida – acontece hoje o passeio ciclístico De Arraial de Santo Antônio à Capital, com partida às 18h30 do Sesc Cultura, na Avenida Afonso Pena e passagem pelo centro antigo até os altos da Afonso Pena, Parque dos Poderes e o conjunto arquitetônico em meio à reserva natural existente naquela região da cidade.

Na próxima semana estão programados outros eventos comemorativos, como o espetáculo Lídia Baís, uma mulher à frente de seu tempo, dia 17, no Teatro Prosa do Sesc Horto Florestal; dia 18, show de Ivan Cruz, com lançamento de seu primeiro CD instrumental; dia 20, show Sertões, com Maria Alice e oficina sobre contação de história por Tatiana do Conto e Tathy D´Meo.



Envie seu Comentário