Reinaldo diz que plano de demissão voluntária é projeto de urgência

01/02/2019 14h41 - Por: Da redação


 
Reinaldo confirmou à imprensa que PDV é prioridade
Foto: Chico Ribeiro/Portal do MS Reinaldo confirmou à imprensa que PDV é prioridade
Foto: Chico Ribeiro/Portal do MS

O governador Reinaldo Azambuja definiu que o Plano de Demissão Voluntária (PDV) será o primeiro projeto a ser criado por ele para passar pelo crivo da Assembleia Legislativa. A informação foi confirmada na manhã desta sexta-feira (01) pelo próprio governador antes da posse dos deputadsoe staduais.

"Entendemos que estamos vivendo novo momento no país. A sociedade está exigindo de nós contraprestação de serviço melhor, produtividade, desburocratização, melhor atendimento. Todos somos servidores", disse à imprensa na Capital.

Segundo o governador, antes de enviar o projeto, haverá diálogo com o Fórum dos Servidores e diretamente com o s funcionários do governo, além de sindicatos das categorias.

O PDV, já previsto em lei estadual desde 1997, seria uma forma de auxiliar no reordenamento de gastos. O estudo do plano começou a ser feito em dezembro, como forma de atender a meta da administração estadual de cortar gastos. Hoje a folha total de pagamentos é de R$ 452,8 milhões, referente a 75 mil servidores ativos e inativos.


Envie seu Comentário