Homem mata sucuri e leva multa de R$ 5 mil

14/03/2019 07h20


Segundo a polícia, o homem disse que matou a sucuri após ela se alimentar de alguns animais em sua propriedade — Foto: PMA/Divulgação Segundo a polícia, o homem disse que matou a sucuri após ela se alimentar de alguns animais em sua propriedade — Foto: PMA/Divulgação

Um homem foi autuado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Amambai por matar uma sucuri, serpente que consta na lista de animais brasileiros ameaçados de extinção. De acordo com os policiais, eles receberam um vídeo que estaria circulando em redes sociais, onde um homem, acompanhado de outras pessoas, aparece matando o animal.

De acordo com a polícia, o homem de 39 anos que aparece no vídeo foi encontrado nesta terça-feira (12). Ele confessou que abateu a sucuri na sexta-feira (8), porque ela alimentou-se de alguns animais em sua propriedade. Ele não quis identificar as outras pessoas que aparecem no vídeo nem mostrou o local onde aconteceu o fato.

Segundo a PMA, ele foi multado administrativamente em 5 mil reais e responderá por crimes ambientais de caça e maus-tratos. Ainda Segundo a Polícia Militar Ambiental, se identificadas, as outras pessoas que participaram do ato criminoso no vídeo também serão multadas e responderão pelos crimes.

De acordo com Lei 9.605/1998 em seu artigo 29 é crime: Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo com a obtida.

A pena é de seis meses a um ano de prisão, porém, como a sucuri está de extinção, a pena é aumentada de em mais seis meses. Para o crime de maus-tratos a pena é de três meses a um ano de detenção.

Além do homem autuado, outras pessoas também aparecem nas imagens — Foto: PMA/Divulgação Além do homem autuado, outras pessoas também aparecem nas imagens — Foto: PMA/Divulgação

Envie seu Comentário