Mato Grosso do Sul tem 61 mil eleitores impedidos de votar

25/09/2018 08h46 - Da redação


Imagem Ilustrativa Imagem Ilustrativa

O número de títulos de eleitores cancelados em Mato Grosso do Sul por não terem feitos cadastros biométricos equivale a praticamente a quantidade de eleitores de Ponta Porã. De acordo com os dados Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS), 61.502 mil estão impedidos de votar em outubro.

Este número foi o suficiente para eleger o petista Vander Loubet para deputado federal em 2014. Ele teve 69.504 votos nas eleições. O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) teve bem menos que isso: foi eleito com 54.813 mil votos em 2014.

Tendo por base na votação para deputado estadual, daria para eleger três vezes George Takimoto (MDB), que obteve 16.586 mil votos em 2014. Assim como Pedro Kemp (PT), que conseguiu 20.174 mil votos nas eleições passadas.

Com a quantidade de eleitores que não podem votar nas eleições deste ano, também daria para eleger o deputado Eduardo Rocha (MDB) duas vezes. Em 2014, ele teve 30.873 mil votos.



Envie seu Comentário