Vendedor de 18 anos acha R$ 2,5 mil e devolve ao dono

O montante corresponde a duas vezes o salário do rapaz, que tem o sonho de ingressar nas fileiras da Polícia Militar, a exemplo do pai que está na Corporação há 15 anos

07/11/2018 09h17 - DouradosAgora


 
Weverton Kock da Silva, vendedor de uma loja na cidade paraguaia de Salto Del Guairá e  lutador de Jiu Jitsu, é filho mais novo de um sargento da Polícia Militar e de uma dona de casa Weverton Kock da Silva, vendedor de uma loja na cidade paraguaia de Salto Del Guairá e lutador de Jiu Jitsu, é filho mais novo de um sargento da Polícia Militar e de uma dona de casa

Um jovem de 18 anos encontrou R$ 2,5 mil em um envelope e imediatamente entregou à polícia. O caso aconteceu na noite desta terça-feira em Mundo Novo, cidade localizada na fronteira com o Paraguai e divisa com o Paraná.

O estudante do ensino médio, Weverton Kock da Silva, vendedor de uma loja na cidade paraguaia de Salto Del Guairá e lutador de Jiu Jitsu, é filho mais novo de um sargento da Polícia Militar e de uma dona de casa.

Segundo a polícia, o rapaz foi a uma agência bancária para sacar R$ 200 de sua conta poupança, quando encontrou próximo ao caixa eletrônico, o envelope com o dinheiro.

Como havia a identificação de um supermercado da cidade no envelope, ele ligou no estabelecimento para avisar sobre o achado, porém, o local já estava fechado.

Ele ligou para o telefone de emergência da Polícia Militar e relatou o fato. Enquanto os militares confeccionavam um boletim de ocorrência, ele retornou ao Colégio Marechal Rondon, onde estuda.

Os policiais conseguiram localizar o proprietário do mercado, que teve o valor integral ressarcido. O montante corresponde a duas vezes o salário do rapaz, que tem o sonho de ingressar nas fileiras da Polícia Militar, a exemplo do pai que está na Corporação há 15 anos.



Envie seu Comentário