Atendimentos em territórios indígenas crescem 400% em quatro anos

13/12/2018 08h19 - Por Ministério da Saúde


 
Secretaria tem 13.989 profissionais para atender indígenas - Foto: Luís Oliveira/Ministério da Saúde Secretaria tem 13.989 profissionais para atender indígenas - Foto: Luís Oliveira/Ministério da Saúde

A quantidade de atendimentos realizados pelo Ministério da Saúde em territórios indígenas cresceu 400% nos últimos quatro anos.

Dados divulgados pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) revelam que o total de acolhimentos em serviços de saúde próximos às aldeias passou de 1,1 milhão, em 2014, para 5,6 milhões até novembro deste ano.

Ao todo, a Sesai contabilizou 16,2 milhões de atendimentos a pessoas destes territórios.

Entre os trabalhos realizados pela secretaria estão ações de vacinação, saúde bucal, de vigilância alimentar e nutricional, consultas de pré-natal, de crescimento e desenvolvimento infantil, de promoção da saúde e prevenção de agravos, entre outras que ajudam a melhorar a qualidade de vida e a situação de saúde dos indígenas.

A população acompanhada chega a 765 mil pessoas que vivem em 5.614 aldeias do País. Para acompanhá-los, a Sesai tem 13.989 profissionais espalhados em 360 Polos Base e 68 Casas de Saúde Indígenas (CASAI) que atendem a 305 etnias, de povos de 274 línguas e 597 terras indígenas.

A secretaria utiliza transportes aéreos (aviões e helicópteros), terrestres (caminhonetes, caminhões, vans) e aquáticos (barcos) para a remoção de pacientes em consultas médicas, atendimentos de urgência e emergência e no transporte das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI) em áreas específicas de programas desenvolvidos pelo Ministério da Saúde.


Envie seu Comentário