No sábado, Saúde promove testes gratuitos para diagnóstico da sífilis

23/10/2018 13h39 -


 
A partir de 2017 foi percebido um aumento dos casos desta doença no Brasil A partir de 2017 foi percebido um aumento dos casos desta doença no Brasil

No próximo sábado (27) o Programa Municipal IST/Aids promoverá entre 8h e 15h programações com o objetivo de enfatizar a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado da sífilis, doença bacteriana sexualmente transmissível. Na Praça Antônio João, acontece blitz educativa, e na sede do IST/Aids, na Rua dos Missionários, 420, serão oferecidos à comunidade testes rápidos para diagnóstico da sífilis e HIV.

"O cidadão interessado deve comparecer com os documentos pessoais. Passa por uma triagem e colhe o sangue. O resultado sai de 30 a 40 minutos depois", explicou o enfermeiro Emerson Eduardo Correa, gerente do Núcleo do Programa Municipal IST/Aids.

Conforme dados do Programa IST/Aids, em 2018, Dourados registrou 148 novos casos da doença adquirida, destacando-se, também, o aumento no número de testes realizados. Segundo Emerson, em 2017 foram realizados durante todo o ano 737 testes com 87 positivos para sífilis. "Este ano já realizamos 1.044 testes até setembro, com 148 positivos para sífilis", informou.

A ação faz parte do cumprimento do Plano de Ações e Metas 2018 que tem a finalidade de atender as diretrizes da política de saúde. Além desta atividade, a Secretaria Municipal de Saúde, através do Departamento de Vigilância em Saúde, mantém a partir desta quarta-feira (24) as ações de combate e diagnóstico da sífilis no município de Dourados, com capacitações que seguem até sexta e finalizam na segunda-feira (29).

A partir de 2017 foi percebido um aumento dos casos desta doença no Brasil, seguindo a tendência de 2015 e 2016, quando a sífilis adquirida aumentou em um terço, a sífilis em gestantes aumentou 14,7% e a congênita, que é a doença transmitida da mãe gestante para o bebê, aumentou 4,7%.


Envie seu Comentário