Hospital da Vida passará por nova reforma de R$ 2 milhões

Por: Da redação - 06/01/2017 15h23

Do total da verba, R$ 1.417.126,00 são destinados a reforma e R$ 782.874,00 são destinados a ampliação do Hospital
Foto: A. Frota Do total da verba, R$ 1.417.126,00 são destinados a reforma e R$ 782.874,00 são destinados a ampliação do Hospital
Foto: A. Frota

A prefeita Délia Razuk assinou a ordem de serviço para início das obras de reforma do Hospital da Vida em Dourados, melhoria que aguardava há uma década para sair do papel. Quando prefeita interina, Délia já havia iniciado esforço para dar seguimento ao investimento que deve melhorar a condição dos pacientes do local e o trabalho de atendimento.

"Não podemos ficar reféns de questões políticas quando está em jogo a vida das pessoas. Reitero que meu compromisso é com as pessoas de Dourados. O hospital é um dos grandes centros de atendimento em nossa cidade e precisa estar adequado para receber as pessoas", disse a prefeita.

A assinatura da ordem de serviço por parte da prefeita Délia Razuk era o ‘próximo passo esperado’, uma vez que a licitação para contratação da empresa que executará a obra já foi realizada em setembro do ano passado. Os recursos somam o valor de R$ 2 milhões e o Ministério da Saúde fez o pagamento da primeira parcela em 28 de dezembro. A quantia no valor de R$ 608 mil foi depositada na conta da Prefeitura de Dourados para que o município possa iniciar as obras.

Do total da verba, R$ 1.417.126,00 são destinados a reforma e R$ 782.874,00 são destinados a ampliação do Hospital. Os recursos vão garantir uma série de melhorias no Hospital da Vida, como a ampliação de leitos comuns, de UTI, além da implantação de serviços como a ala de emergência pediátrica.

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) será totalmente reformulada para atender o que preconiza o Ministério da Saúde. O projeto prevê também qualificação nos serviços de urgência e emergência, contemplando salas de classificação de risco, isolamento, serviço social, sutura, inalação, utilidades, gesso, administrativa, dois consultórios médicos, três leitos pediátricos e um consultório ortopédico, além de outros espaços.

Envie seu Comentário