Polícia prende grávida tida como forte microtraficante em Dourados

26/02/2019 13h24 - Da redação


Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Na manhã da segunda-feira (25) o SIG recebeu informação de possível prática de tráfico de drogas nas imediações do Hospital Evangélico, referente à entrega de aproximadamente 500 gramas de cocaína. Os levantamentos apontaram que Joice A.S.S, 22 anos, vulgo 'Maligna', investigada por traficar drogas, teria efetuado a entrega.

Assim, o SIG, com apoio de policiais do 1º DP de Dourados, identificaram a pessoa para quem Joice entregou a droga, uma moradora de Nova Andradina contratada para vir a Dourados buscar a substância ilícita. Realizada abordagem a Valdirene S. O, 30 anos, os policiais encontraram na bolsa dela um volume, em cujo interior havia 460 gramas de cocaína e 110 gramas de crack. Perguntada sobre a pessoa que lhe entregou a droga, Valdirene apontou características coincidentes com as de Joice.

Assim, o SIG deslocou-se ate a casa de Joice, grávida de 5 meses, que prontamente confessou a entrega da droga, bem como relatou possuir maconha e pasta base em sua casa. Diante disso, os policiais encontraram 100 gramas de crack e 50 gramas de maconha escondidos na casa de Joice. O SIG vinha investigando o fato de Joice utilizar-se da gravidez para buscar drogas em Ponta porã, eis que em razão desse quadro não levantaria suspeitas diante de abordagens policiais.

Em razão da entrega da droga ter sido realizadas nas proximidades do Hospital Evangélico, elas foram autuadas por tráfico qualificado e também por associação para o tráfico de drogas.


Envie seu Comentário