Seminário de Literatura e Arte Contemporânea acontecerá em abril na UFGD

05/03/2019 10h30


No período de 24 a 27 de abril será realizada em Dourados (MS) a quarta edição do Seminário de Literatura e Arte Contemporânea (SELAC), com conferências e mesas-redondas abordando a temática da Literatura e a relação entre as artes, além de sessões de comunicações coordenadas, com a apresentação de pesquisas acadêmicas.

Todas essas atividades acontecerão no campus, na UFGD e Uems. Também estão programadas atividades culturais no Sucata Cultural, como: a Feira InterArtística, com a presença de artistas da cidade e região, o sarau "Entre Artes" e um espetáculo teatral com o Grupo CASA - Coletivo de Artistas, de Campo Grande (MS).

Dia 24 de abril, a conferência de abertura do evento é também a Aula Magna do Programa de Pós-graduação Mestrado em Letras, Turma de 2019, da Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE), da UFGD. Na oportunidade, professor doutor Aguinaldo José Gonçalves (UNESP) falará sobre as "Relações tensivas entre o signo verbal e o signo visual", com a mediação do professor doutor Paulo Custódio de Oliveira (UFGD), coordenador do Grupo de Estudo InterArtes.

No dia 25 de abril, será a mesa-redonda intitulada: "Arte e Política". Dentre as discussões estão: O "nosso militar(?)": o militarismo alemão na poesia satírica de Kurt Tucholsky, com o professor doutor Anderson Augusto Roszik (UNESP); Imagens da democracia e da ditadura, ministrada pelo professor doutor Rogério Silva Pereira (UFGD) e Arte e estado de exceção na América Latina atual, apresentada pela professora doutora Flavia Almeida Vieira Resende (UFGD).

No dia 26 de abril, haverá a mesa-redonda "Teatro de Grupo - uma vida colaborativa", com a presença de Lígia Prieto, diretora, e Fernando Lopes, dramaturgo, do Grupo CASA - Coletivo de Artistas, de Campo Grande (MS) e de Carla Ávila, artevista docente do curso de Artes Cênicas (UFGD), do Grupo Mandi’o, de Dourados (MS). Neste mesmo dia, acontecerá o Sarau "Entre Artes" e a Feira InterArtística, no Sucata Cultural.

No dia 27 de abril, a programação encerra com a Feira InterArtística e o espetáculo teatral A Vida é Sonho, uma adaptação do Grupo CASA do texto de Calderón de La Barca. Os ingressos para a peça serão vendidos separadamente e somente nos dias 25 e 26 de abril, na bilheteria do Sucata Cultural.

CHAMADA PARA TRABALHOS

Até o dia 20 de março de 2019, acadêmicos, docentes e pesquisadores poderão inscrever seus trabalhos para serem apresentados nas Sessões de Comunicações Coordenadas que acontecerão no período da tarde, nos dias 25 e 26 de abril, nas salas de aula da FACALE. Dentre as temáticas das sessões estão: Literatura e as relações interartes; Literatura, memória e relações de gênero; Literatura e estudos culturais; Literatura e História e, por fim, Práticas Educacionais.

Para tanto, serão aceitos os resumos de pesquisas que abordem as seguintes áreas do conhecimento: Letras, Literatura, Linguística, Artes, Comunicação, Cinema, Mídias Sociais Digitais, HQ, TICs - Educação, História, Filosofia e Psicologia. As comunicações que forem apresentadas e que estiverem de acordo com as normas do Comitê Científico integrarão o Caderno de Resumos, Anais do SELAC 2019 (e-ISSN: 2594-4681).

SOBRE O SELAC

O SELAC é um projeto de extensão ligado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEX), à Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE) e ao Programa de Pós-graduação Mestrado em Letras (PPGL), da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O evento é organizado desde 2016 pelo Grupo de Estudo InterArtes, e tornou-se uma ampliação das discussões desenvolvidas pelos docentes e discentes do projeto de pesquisa "Simulacros Fanopáticos do Sujeito Latino-americano".

A proposta do seminário é estabelecer um diálogo entre pesquisadores, a comunidade acadêmica das universidades (federal, estadual e privada) e as escolas estaduais e municipais de Dourados. São objetivos do SELAC: fomentar e aprofundar as discussões acerca da relação entre a Literatura e as outras artes, bem como estimular práticas pedagógicas inovadoras, tendo em vista o contexto específico de inserção das pesquisas locais e os novos desafios impostos por contextos culturais complexos.

Dessa forma, o projeto contribui para o desenvolvimento de futuros professores das Letras e das Artes, com um senso crítico e estético aguçado, conectado às várias linguagens artísticas, capaz de ressignificar e realinhar as produções artísticas de nosso tempo. A meta é que o SELAC fortaleça a imagem institucional da FACALE, como um espaço institucional, permanente e oficial para agrupar, organizar e difundir conhecimentos, reflexões e pesquisas nos campos da Letras, Literatura, Artes, Linguística, Educação, entre outros.


Envie seu Comentário