Simted encaminha à Câmara de Dourados pedido de instauração de CPI na Educação Municipal

A administração havia se comprometido a retomar as negociações com os trabalhadores da educação no mês de setembro, após o fechamento do segundo quadrimestre mas nenhuma reunião foi agendada até o momento

28/11/2018 09h44 - DouradosAgora


 
Presidente do Simted, Juliano Mazzini,  entrega pedido à presidente da Casa, Daniela Hall Presidente do Simted, Juliano Mazzini, entrega pedido à presidente da Casa, Daniela Hall

O Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted) protocolou na Câmara Municipal de Dourados, na segunda-feira, um pedido para que seja instaurada uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar denúncias de irregularidades na administração da secretaria municipal de Educação.

Após acompanhar, por meio da imprensa, a ampla divulgação de uma operação da justiça que investiga supostas irregularidades na Prefeitura de Dourados, culminando até mesmo na prisão de agentes públicos, a categoria deliberou por solicitar ao legislativo que apure as denúncias que envolvem ações na educação municipal.

O presidente do sindicato, professor Juliano Mazzini, fez uso da tribuna do legislativo para falar do descaso da prefeitura com o ensino, desde o início da gestão, e da falta de negociação com a categoria sobre a valorização profissional dos educadores da Rede Municipal de Ensino.

O sindicalista informou aos vereadores e vereadoras que a categoria já encaminhou seis ofícios para a administração municipal, solicitando reunião para tratativas sobre o cumprimento do Piso Municipal do Magistério de 2017 e criação de um adicional de valorização profissional dos servidores administrativos educacionais, mas não obteve nenhuma resposta oficial do governo.

A administração havia se comprometido a retomar as negociações com os trabalhadores da educação no mês de setembro, após o fechamento do segundo quadrimestre mas nenhuma reunião foi agendada até o momento.



Envie seu Comentário