Toninho Cuz e Marcelo Mourão vão tomar posse no lugar de Pepa e Cirilo

13/12/2018 10h08 - Por: Da redação


 
Toninho e Marcelo Mourão serão empossados na tarde desta quinta-feira Toninho e Marcelo Mourão serão empossados na tarde desta quinta-feira

A presidente da Câmara Municipal de Dourados, Daniela Hall, marcou sessão extraordinária às 14h desta quinta-feira (13) para empossar os suplentes Toninho Cruz e Marcelo Mourão no lugar dos vereadores presos Pedro Pepa e Pastor Cirilo Ramão, afastados pela justiça.

Haverá ainda a votação em plenário de dois recursos interpostos pela chapa dos vereadores da base aliada da prefeita Délia Razuk, que pediram a substituição dos membros Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB) por Bebeto (PR) e Jânio Miguel (PR), respectivamente, na chapa que concorre a Mesa Diretora.

Outro recurso, solicitada pelos vereadores Junior Rodrigues (PR), Bebeto, Jânio Miguel, Romualdo Ramim (PDT), Carlito do Gás (PEN), Cido Medeiros (DEM), Silas Zanata (PPS), Juarez de Oliveira (MDB) e Mauricio Lemes (PSB), pede o cumprimento do inciso 1º do Art. 15 do Regimento Interno, recebido na 8ª sessão extraordinária, requereram a nulidade da eleição da Mesa Diretora.

Durante a extraordinária desta quinta-feira será ainda realizada a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2019-2020.

Duas chapas concorrem ao pleito, sendo a que tinha Pepa candidato a presidência e Cirilo como 2º secretário. Integran a chapa Junior Rodrigues (PR), na vice-presidência e Silas Zanata (PPS) como 1º secretário.

Eles têm ainda o apoio de Cido Medeiros (DEM), Carlito do Gás (PEN), Jânio Miguel (PR), Romualdo Ramim (PDT), Juarez de Oliveira (MDB) e Maurício Lemes (PSB).

A outra chapa é de vereadores independentes, sendo composta por oito parlamentares. Alan Guedes (DEM) é candidato à presidência e tem como vice Elias Ishy (PT), Sérgio Nogueira (PSDB) como 1º secretário e Daniela Hall (PSD) 2º secretário, atual presidente da Casa de Leis. O grupo tem apoio de Marçal Filho (PSDB), Olavo Sul (PEN), e Madson Valente (DEM) e Lia Nogueira (PR).

A entrada de Mourão e Toninho poderá render novidades na eleição da Mesa. Com as prisões de Pepa, Cirilo e Idenor Machado, a base aliada da prefeita na Câmara passou a ser composta por oito parlamentares. Já a equipe de vereadores independentes são 8.

Com a chegada de Toninho e Marcelo Mourão o cenário poderá mudar, podendo ampliar o número de parlamentares independentes na Casa de Leis. Na votação de hoje eles vão indicar se serão independentes ou se vão se aliar ao grupo da base da prefeita.


Envie seu Comentário