Vereador Cirilo Ramão volta a ser preso

09/02/2019 09h55 - Por: Da redação


 
Vereador Cirilo Ramão Vereador Cirilo Ramão

O vereador Cirilo Ramão (MDB) já está preso. Ele se apresentou na delegacia na noite desta sexta-feira (08) em Dourados. A prisão foi decretada pelo juiz Luiz Alberto de Moura Filho, da 1ª Vara Criminal.

Preso no dia 5 de dezembro junto aos vereadores Idenor Machado (PSDB) e Pedro Pepa (DEM), Cirilo e os demais parlamentares tiveram habeas corpus duas semanas depois.

No entanto, segundo a justiça, Cirilo e Idenor descumpriram medidas cautelares quando ganharam a liberdade. Eles estavam proibidos de se aproximar da Câmara Municipal. Como não atenderam a medida, tiveram prisões decretadas.

Idenor voltou a ser preso no dia 18 de janeiro e Cirilo nesta sexta-feira. Somente Pepa está beneficiado pelo habeas corpus.

Todos eles estão envolvidos na Operação Cifra Negra do Ministério Público Estadual (MPE), que investiga suposto esquema de corrupção em licitações na Câmara de Dourados.

Os vereadores estão afastados de seus cargos e nos lugares foram chamados os suplentes de forma temporária. A Câmara pode cassar os mandatos nas próximas semanas.


Envie seu Comentário