Brasil Mais Produtivo seleciona 600 empresas para 2018 e 2019

27/05/2018 15h11 - Por Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços


 
Com os ganhos de produtividade alcançados pelo programa, empresas recuperam investimentos, em média, em menos de 24 dias de atividade Com os ganhos de produtividade alcançados pelo programa, empresas recuperam investimentos, em média, em menos de 24 dias de atividade

Com a nova fase anunciada na quinta-feira (24) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), o programa Brasil Mais Produtivo (B+P) abriu inscrições para 600 empresas até 17 de junho de 2018.

As interessadas devem ser dos segmentos moveleiro, metalomecânico, calçadista, de alimentos e bebidas e de vestuário, sediadas em alguns dos seguintes estados: Bahia, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo.

As selecionadas serão atendidas entre 2018 e 2019, sendo 300 em cada ano. O objetivo do programa é fortalecer os processos produtivos das indústrias com ações de baixo custo, rapidez na execução e alto impacto.

Para participarem, as empresas devem ter de 11 a 200 funcionários e não podem ter recebido consultoria em manufatura enxuta nos últimos 24 meses.

Os interessados devem preencher o formulário de cadastro no site, receber a visita da equipe de consultores do programa e concordar com as regras.

Na inscrição, as empresas precisam ainda responder a três rodadas de questionários e fazer o pagamento de contrapartida financeira, de R$ 3 mil. As que se enquadrarem nos critérios do programa, participarão de um sorteio das vagas.


Envie seu Comentário