HU-UFGD entra em clima de Natal com apoio de colaboradores e voluntários

Ambientes decorados, música e solidariedade marcam o fim de ano no hospital

17/12/2018 07h21 - DouradosAgora


Realizadas por meio da união de colaboradores e voluntários, as ações de fim de ano no Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados já se tornaram uma bela tradição e encantam a quem passa pelas recepções e corredores da instituição durante o mês de dezembro.

Além da decoração feita nos postos de trabalho pelos próprios setores, espaços comuns como a entrada de funcionários e a recepção de internação receberam instalações temáticas nesta semana. A árvore de Natal, montada todos os anos no hall dos relógios de ponto, nesta ocasião foi decorada com fotos produzidas pelos colaboradores, retratando as diversas equipes que compõem o HU-UFGD.

Também foi criado um cenário natalino com o letreiro "#SOUHU♥", inaugurado no ano passado como homenagem à toda a comunidade hospitalar. De cara nova, as letras – agora douradas – têm dado boas-vindas a pacientes, acompanhantes e trabalhadores que passam todos os dias pela recepção de internação.

Natal musical

O circuito de apresentações musicais levou emoção a todos os setores da instituição. Desde a última semana, passaram pelo HU-UFGD grupos e corais voluntários, entoando canções natalinas e distribuindo sorrisos. A cantoria começou na manhã de domingo (9) com o projeto "É por você que canto", que reúne seis corais de Dourados, regidos pela maestrina Rita Mathias.

Composto por cerca de 100 pessoas, a iniciativa agrega integrantes dos corais dos Centros de Convivência da Pessoa Idosa (CCIs) Andres Chamorro e Maria Martiniano de Brito, do Coral das Mulheres Sem Limites – Dorcelina Folador, do Coral Municipal da Secretaria de Cultura e dos corais espíritas Caravana do Evangelho e Bezerra de Menezes (confira todas as fotos da apresentação).

Na quarta-feira (12), foi a vez do grupo composto exclusivamente pelos idosos dos CCIs de Dourados apresentar-se aos pacientes, familiares e colaboradores do hospital. Durante toda a manhã, pelo menos 35 cantores e cantoras percorreram os corredores do HU-UFGD, levando música e carinho, com destaque para o violinista de 83 anos, Merlinton Braff, do CCI Andres Chamorro, que acompanhou o repertório junto aos colegas e à regente Rita, ao piano (veja mais fotos).

Solidariedade

Além de gestos individuais, como o de colaboradores e voluntários que fazem os mais diversos tipos de doações à Associação de Voluntários (AVHU-UFGD), as demonstrações de solidariedade também se dão por meio de instituições, como a Escola Franciscana Imaculada Conceição.

Pela segundo ano consecutivo, por meio do projeto Bom Samaritano, as famílias de alunos da Educação Infantil reuniram produtos de higiene pessoal, fraldas, lenços umedecidos, brinquedos, calçados e roupas, que foram revertidos ao HU-UFGD.

Nesta semana, um grupo de colaboradoras da escola esteve no hospital fazendo a entrega do grande montante de itens, recebidos pelo gerente de Atenção à Saúde do HU-UFGD, José Flávio Sette de Souza, e pela presidente da AVHU, Liobeth Kojima.

Outra iniciativa, que já existe há quatro anos, é a campanha "Por um Natal Mais HUmano", elaborada pelo próprio hospital para arrecadar produtos de higiene para pacientes em situação socioeconômica vulnerável. Caixas de coleta são instaladas em pontos no hospital e na UFGD para quem quiser contribuir com sabonete líquido, shampoo, condicionador, pasta e escova de dentes, desodorante, absorvente higiênico e chinelos de borracha.

Ainda é possível criar pontos de coleta em outros estabelecimentos ou encaminhar doações ao HU. Basta entrar em contato e oferecer o apoio, que os representantes da campanha providenciam uma caixa e um cartaz com a identificação da iniciativa e os itens a serem doados. Outra alternativa é arrecadar os itens em sua comunidade e solicitar, por telefone, a coleta dos produtos.

Mais informações sobre as ações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3410-3044 ou pelo e-mail comunicacao.hu.ufgd@ebserh.gov.br.

União que faz a força

Todo esse esforço por um Natal mais humano, no entanto, começou de forma singela. Em 2015, um grupo de funcionários deu início a pequenas ações para que o fim de ano não "passasse em branco" no hospital. Quatro anos depois, essa equipe aumentou e acabou dando origem à Comissão de Apoio a Eventos Institucionais (CAEI) do HU-UFGD, hoje responsável pelas atividades natalinas e outros eventos realizados na instituição.

Por meio dela, estão sendo cadastradas as iniciativas existentes e já previstas para o próximo período, com vistas à definição do Calendário de Eventos Institucionais do HU-UFGD. A ideia é que todos os eventos recebam consultoria por parte da Comissão e possam seguir um patamar de qualidade e organização.

"A criação da Comissão é o reconhecimento, por meio da institucionalização, do trabalho que estivemos realizando por anos no hospital, de forma independente e proativa. Contar com o apoio da gestão e o reconhecimento por parte dos colegas, no entanto, nos dá mais ânimo para que os eventos institucionais sejam cada vez mais completos e organizados, refletindo a referência que o HU-UFGD é hoje na saúde pública e na formação de profissionais da área em Mato Grosso do Sul. E diante disso, o objetivo do nosso trabalho se resume em uma única palavra: humanização", conclui a presidente da CAEI, a jornalista Bianca Cegati.



Envie seu Comentário