A Rússia e os EUA mantém desde o final da Guerra Fria oTratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, o acordo é para manter a eliminação de mísseis balísticos e de cruzeiro, nucleares ou convencionais, cujo alcance estivesse entre 500 e 5 500 km. O porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov, diz lamentar essa tomada de postura do presidente americano Donald Trump. O líder Yankee alega que a Rússia violava o tratado a muitos anos, por isso a decisão de saída. As grandes potenciais mundiais estão a cada dia que passa, mais bélicas, menos diplomatas e mais opressivas, o mundo inteiro sofrerá as consequências disso.

01/02/2019 09h14 - Por: Weimar Torres


INSIRA O TEXTO DA MATERIA AQUI


Envie seu Comentário