Venezuela: desdobramentos de uma crise política

11/02/2019 08h33 - Por: Weimar Torres

A crise política na Venezuela vem tomando a cada dia que passa uma dimensão totalmente separatista e de isolamento do restante do mundo.

O país está completamene dividido, a ignorância e falta de informação é generalizada, os conflitos de gabinete são puramente ideológicos, pouquissíma importância é dada ao efeito da crise, os diálogos são sempre sobre uma suposta causa.

As interferências internacionais diplomáticas e econômicas são negadas pelo líder Maduro, instituições como a União Européia e o grupo de Lima já tem como prioridade ´´resolver´´ a situação da Venezuela.

Os EUA de Trump já arquiteta uma ´´solução´´ bélica para a situação, devido ao pedido negado da ação humanitária de entrar na República Bolivariana.

A violência contra os protestos já é recorrente, o jornalismo está sendo censurado e o parlamento do país está básicamente dividido entre políticos que exaltam a política chavista com falas honrosas e outros que são favoráveis a entregar toda a situação em maõs internacionais, ambos os lados apenas cumprindo horário.

A situação é completamente omissa com a população, nenhum sistema político ou organizacional funciona quando se existe carência generalizada de necessidades básicas de sobrevivência.


Envie seu Comentário