"Milionário do WhatsApp" é assassinado na fronteira

Ele foi morto a tiros quando corria numa esteira na academia localizada no bairro Mariscal Estigarribia

13/03/2018 07h19 - DouradosAgora


Homem de 36 anos foi assassinado dentro de uma academia em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na fronteira seca com Ponta Porã (MS). O crime aconteceu por volta das 19 horas desta segunda-feira.

O homem identificado pelo nome de Felipe Iván Diaz Villalba, que ficou conhecido pelo apelido de "Milionário do WhatsApp", foi morto a tiros quando corria numa esteira na academia localizada no bairro Mariscal Estigarribia.

Ele foi atingido por tiros de pistola de calibre nove milímetros, principalmente na cabeça, e morreu na hora. De acordo com a polícia, o atirador chegou ao local no banco do carona de uma motocicleta, desceu, entrou no estabelecimento e descarregou a arma. Felipe morreu na hora.

Conforme as autoridades, ele ficou conhecido pelo apelido porque tinha postado nas redes sociais, algumas fotos mostrando valores como dinheiro e jóias.

Informações ou denúncias que possam ajudar o trabalho policial, devem ser repassadas pelos telefones: Polícia Militar: 190; Polícia Rodoviária Federal: 191; Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRE): 3421.0014; SIG: 3411.8080; DOF: 3411.8080; Defron: 3410.4800 e 3410.4800; Polícia Federal: 3410.1700 e 3420.1757; Polícia Civil - 1º Distrito Policial: 3411.8060; Polícia Civil, 2º Distrito Policial: 3424.6911 e 3424.5633; Guarda Municipal: 199; Polícia Militar Ambiental (PMA): 3357-1500– 9905-7763 - vivo – WhatsApp/ 9106-8628 - Claro / 8171-4270 - (Tim)/ 8475-0553 (Oi).



Envie seu Comentário