Leguminosa promete engordar gado e recuperar aparagens

28/02/2019 13h06 - Por Sociedade Nacional de Agricultura


 
Chamada de Estilosantes Bela, a leguminosa tem alto potencial para fixação biológica de nitrogênio Chamada de Estilosantes Bela, a leguminosa tem alto potencial para fixação biológica de nitrogênio

Uma nova leguminosa promete resolver boa parte dos problemas dos criadores de gado. Chamada de Estilosantes Bela, a cultivar promete engordar o gado e recuperar pastagens.

Desenvolvida por pesquisadores da Embrapa, a leguminosa tem alto potencial para fixação biológica de nitrogênio (FBN) e é capaz de acrescentar ao solo, anualmente, até 248 kg do elemento por hectare, o que a torna ótima opção para a recuperação de pastagens degradadas.

O objetivo dos pesquisadores foi melhorar o desempenho de bovinos, de rebanhos leiteiros ou de corte, por meio de seu emprego em consórcio da leguminosa com pastagens de gramíneas, como braquiárias.

"Um dos maiores ganhos dessa cultivar é a fixação de nitrogênio e a incorporação de matéria orgânica ao solo, o que ajuda na recuperação das pastagens", destaca o pesquisador da Embrapa Celso Dornelas.

O melhorista explica que um dos problemas na pecuária é a degradação dos pastos e o seu custo de manutenção.

A cultivar Bela é rica em proteína, pois hospeda o Rhizobium spp., um gênero de bactéria que consegue utilizar o nitrogênio encontrado na atmosfera, incorporando-o ao solo.

Isso, segundo os pesquisadores, reduz os gastos com adubos, possibilita o maior ganho de peso nos animais e contribui para a redução dos impactos ambientais.

"Nas áreas marginais do ponto de vista ambiental, podemos cultivar o Estilosantes Bela, uma planta forrageira rústica e de menor exigência em solos férteis.

Ela permitirá incorporar as áreas menos produtivas aos sistemas de produção ou elevar o patamar de produtividade das áreas atuais", reforça o pesquisador da Embrapa Allan Kardec Ramos.

A nova cultivar tem ainda apelo para os sistemas de produção de base agroecológica para a produção de carne ou leite ou com restrições ao uso de fertilizantes minerais nitrogenados.

Por estabelecer naturalmente a simbiose com bactérias do solo fixadoras de nitrogênio, as sementes do Estilosantes Bela não precisam ser inoculadas para o plantio.

O nome do novo material é uma homenagem ao melhorista australiano Bela "Bert" Grof, pesquisador do Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), que foi pioneiro no desenvolvimento da forrageira.


Envie seu Comentário