33.2 C
Dourados
quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

A Tecnologia Está Transformando O Treino De Futebol

- Publicidade -

O futebol não para de evoluir. Na época de Pelé os jogadores da seleção iam para os estádios em uma kombi inúmeras vezes, hoje em dia eles vão em carros especiais e com segurança reforçada.

O motivo para essa evolução é simples: há muito dinheiro envolvido no esporte. Os patrocinadores incluem não apenas empresas como Crefisa e Nike, mas também casas de apostas: como você pode ver no site da Legal Bet, há várias casas de apostas operando no Brasil, e muitas dessas empresas estão mandando dinheiro para clubes de futebol e jogadores na forma de patrocínios.

Parte desse dinheiro que entra acaba sendo investido em tecnologia, infraestrutura e etc. Aqui neste artigo vamos dar alguns exemplos reais de como a tecnologia está aprimorando o treino de futebol.

O Palmeiras e seu super sistema de estatísticas

Na última década, este clube de futebol se destaca entre todos os outros no futebol brasileiro. O Palmeiras conseguiu se consolidar como o maior campeão brasileiro de todos os tempos. Além do brasileirão, esta equipe também já garantiu a taça Libertadores recentemente.

Há quem acredite que o responsável por isso é Abel Braga, o técnico português que está perto de se tornar o mais vitorioso do futebol brasileiro. E claro, há sentido nisso, mas a verdade é que há alguns fatores por trás das câmeras contribuindo para o sucesso do Palmeiras.

Estamos falando da tecnologia. Por exemplo, recentemente o Palmeiras adotou a utilização de pulseiras individuais para passar treinos para os jogadores. São pulseiras que registram métricas importantes de cada jogador.

Funciona assim, cada jogador usa uma pulseira que contém informações como a força, carga levantada e etc. A partir dessas informações, um jogador encosta a pulseira no painel da academia e recebe instruções de treino, tudo feito sob medida para o jogador.

O Palmeiras também começou a implementar a “gamificação” do treino. Por exemplo, as informações sobre quem levanta mais carga no Leg Press fica disponível para todos através de telões. Dessa forma, é possível criar uma leve competição dentro da equipe para ver quem é mais forte e etc.

De acordo com os especialistas do Palmeiras, a competição ajuda os jogadores a se esforçarem mais nos treinos.

Cristiano Ronaldo desafiando o tempo

No ano de 2023, Cristiano Ronaldo, de 38 anos, conseguiu ser o melhor marcador com mais de 50 gols. Ele superou nomes badalados como Kylian Mbappé e Erling Haaland. Mas quem conhece CR7 sabe que isso não é por acaso.

O jogador português é conhecido por ser extremamente exigente quando o assunto é dieta, treino e etc. Inclusive, ele chamou a atenção por usar uma esteira especial desenvolvida pela Nasa.

A esteira usa uma tecnologia especial que reduz o peso da pessoa que está correndo em mais de 50%. Dessa forma, os joelhos, tornozelos, quadril e coluna são poupados do impacto natural que a corrida gera.

Uma esteira como essa gera os benefícios da corrida para CR7 sem os aspectos negativos, que são justamente o desgaste de algumas articulações.

O caso de Kevin De Bruyne e a tecnologia além dos treinos

Kevin De Bruyne é um meio-campista que atualmente joga pelo Manchester City. Ele é considerado um dos melhores do mundo em sua posição e já chamou a atenção por suas ações fora de campo, na mesa de negociação.

O que aconteceu foi que o jogador recusou os serviços de um empresário, algo comum entre a maioria dos jogadores profissionais. Em vez disso, ele usou uma empresa de tecnologia para negociar diretamente com o Manchester City.

O nome da empresa é Big Data, seu negócio reside em reunir uma quantidade imensa de dados e analisá-los de forma correta. Com a ajuda dessa tecnologia, De Bruyne foi capaz de mostrar suas estatísticas com uma precisão absurda para os dirigentes do City.

Ele basicamente provou o seu valor para os patrões com a ajuda de dados e conseguiu renovar seu contrato até 2025.

Considerações finais: O futuro do futebol com a tecnologia

Um dos impactos mais prováveis do uso da tecnologia no futebol é a longevidade dos atletas. Os jogadores profissionais já não precisam mais se aposentar com trinta e poucos anos. Em vez disso, eles podem chegar perto dos 40 jogando em alto nível.

Cristiano Ronaldo já está fazendo isso e muitos outros provavelmente surgirão nos próximos anos.

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-