Conheça o perfil dos candidatos a prefeito de Dourados

Flávio Verão

As eleições para o mandato tampão de Dourados (2011-2012) serão disputadas entre cinco candidatos. Todos eles já oficializaram a candidatura no Cartório Eleitoral e estão preparando a campanha de rua, que deve começar para valer a partir do final de semana. Concorrem à prefeitura Murilo Zauith (DEM), José Araújo (PSOL), Geraldo Sales (PSDC) e Genival Antônio Valeretto (PMN). Já, Elias Ishy (PT), teve o pedido impugnado pelo juiz Eduardo Machado Rocha.

De acordo com a resolução nº 453 do Tribunal Regional Eleitoral, os candidatos já estão autorizados a realizar comícios e colocar carros de som na rua.

Como as coligações partidárias e definição de nomes para lançar à prefeitura aconteceram quase que de última hora, o clima de campanha ainda é tímido. Ainda segundo a resolução, o Juiz Eleitoral designado irá no dia 18 de janeiro fazer o sorteio para a escolha de ordem de veiculação da propaganda de cada partido ou coligação no primeiro dia do horário eleitoral gratuito. A campanha no rádio e TV terá início em 20 de janeiro.

CANDIDATOS

O engenheiro civil Murilo Zauith, 60 anos, é natural de Barretos (SP). Chegou a Dourados em 1976 onde instalou escritório de engenharia, atuando nessa área até 1993. Empresário na área de Educação, participou da criação e instalação da Unigran, uma das maiores instituições de ensino superior do sul do Estado. Na vida política atuou como secretário de planejamento da Prefeitura de Dourados (1993). Em 1994 foi eleito deputado estadual, sendo reeleito em 1998. Já em 2002 Murilo Zauith elegeu-se deputado federal. No ano de 2006 recebeu o convite para ser vice-governador na gestão de André Puccinelli. Eleitos, governaram Mato Grosso do Sul até 2010. Murilo já recebeu várias comendas e foi agraciado pela Assembleia Legislativa do Estado com o título de Cidadão Sulmatogrossense. A vice de Murilo é a professora Dinaci Ranzi (PT). Ela já foi diretora do Hospital Universitário (HU) de Dourados.

Já o candidato pelo PMN, o professor de Matemática Genival Antônio Valeretto, de 47 anos, é natural de São Paulo. Veio para Dourados em 1987, onde se casou e teve filhos. Há dez anos atua como professor de ensino profissionalizante, ministrando disciplinas de matemática e eletroeletrônico. Valeretto é um dos mais “jovens” na vida política. Ele ingressou no PMN em 2007 e no ano seguinte concorreu a uma vaga na Câmara Municipal. Não foi eleito. O seu vice é o micro-empresário e líder comunitário Ronen da Silva Romero.

O candidato Geraldo Sales (PSDC), 48 anos, nasceu em Presidente Venceslau (SP) e chegou em Dourados com um ano. Sindicalista, já passou por vários partidos políticos. Ele é um dos fundadores do PSDC em Dourados, em 2003, juntamente com o seu vice, Marcos Troques. Na vida política, Sales disputou quatro eleições em que tentou uma vaga na Câmara dos Vereadores. Sales pretende trazer, para Dourados, o político e empresário José Eymael – candidato à presidente em 2010.

Já o candidato José Araújo (PSOL), microempresário, disputou a vice-prefeito de Dourados em 2004 pelo extinto Partido da Reedificação da Ordem Nacional (PRONA). Em 2010, já filiado ao PSOL, foi candidato a deputado estadual. Seu vice, George Motoqueiro, saiu do PT para disputar no ano passado, pelo PSOL, uma das oito cadeiras de deputado federal. Não foi eleito.