Jovem é morto a golpes de facão na Aldeia Bororó

16/03/2019 07h45 - Dourados Agora


Fotos: Cido Costa Fotos: Cido Costa

O jovem indígena Rozeio Ramirez, de 20 anos foi morto na madrugada de hoje (16) a golpes de facão. O crime aconteceu na Aldeia Bororó, reserva índigena de Dourados.

O principal suspeito já foi preso pela polícia, trata-se de Samuel Martins Vargas, de 30 anos . De acordo com informações policiais, no início da madrugada a vítima na companhia de outros dois homens foram até a casa de Samuel, e lá começar uma briga, o motivo seria uma rixa antiga.

O acusado alegou que foi ameaçado de morte, e os três homens tentaram agredi-lo com pedaços de madeira, e ara se defender pegou um facão e acabou desferindo golpes contra a vítima que ainda correu por cerca de 30 metros e acabou caindo em frente à residência.

Samuel acabou sendo detido por lideranças indígenas e entregue a Polícia Militar. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante acusado pelo crime de homicídio.


Envie seu Comentário