16.5 C
Dourados
sábado, 2 de julho de 2022

Governo de MS paga metade do 13º em julho e aquece economia do Estado

- Publicidade -

Para contribuir com a economia local e atender a demanda do funcionalismo público, o governador Reinaldo Azambuja anunciou, nesta segunda-feira (20), o pagamento da metade do 13° salário aos servidores estaduais na primeira semana de julho, assim como fez no ano passado.

“Recebi várias reivindicações dos sindicatos e nós tomamos a decisão de pagar na primeira semana de julho metade do 13° salário a todos os servidores do Mato Grosso do Sul. Ano passado também tomamos esta atitude para aquecer a economia, em plena pandemia”, afirmou o governador, durante evento de entrega de maquinários, em Campo Grande.

O governador destacou que o pagamento da metade do 13° mostra a “capacidade do Estado em cumprir com suas obrigações”, resultado de uma gestão responsável, eficiente, que adotou as medidas corretas para ter condições de investir nas 79 cidades e manter o pagamento da folha em dia.

O presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Logístas), Adelaido Vila, destacou que a antecipação da metade do 13° salário vai contribuir com a economia local, aumentando as compras e vendas no próximo mês.

Governo de MS paga metade do 13º em julho e aquece economia do Estado
“Ajuda a economia”, diz Adelaido Vila, presidente da CDL

“Isto ajuda a aquecer a economia, estamos em um momento de retomada econômica. O servidor público terá este valor agregado e quando ele utiliza dentro da economia local, a gente consegue fazer uma retomada mais consistente, isto vai vir muito favoravelmente ao nosso varejo, setor alimentício, roupas e vestuários. Ajuda muito é um avanço”, destacou.

Para o presidente em exercício da Feserp (Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do MS), Michel Vaz Morrison, esta decisão do governador mostra bom senso e parceria com os servidores estaduais. “A antecipação chega em boa hora, pois fomenta o comércio e ajuda o servidor no seu orçamento mensal neste fechamento de semestre. Foi uma demanda que partiu dos servidores e que agora só temos que agradecer ao governador”. 

Serão beneficiados com esta antecipação mais de 83 mil servidores, entre ativos, inativos e pensionistas.

Comentários do Facebook

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-