27.2 C
Dourados
sexta-feira, 12 de abril de 2024

O jogo simples que conquistou as várias áreas do lazer

- Publicidade -

Escrever sobre a origem, o desenvolvimento e a influência exercida no mundo da diversão pelo Texas Hold’em, a mais famosa modalidade de poker é, por si, fascinante. Fascínio que começa por conhecer o grupo de texanos apaixonados por jogos de cartas, que passa pela literatura, avança para Hollywood, para a tecnologia online e chega às redes sociais.

Começamos pelo fim – as redes sociais. Uma das mais famosas nos Estados Unidos, embora ainda incipiente no Brasil, é a Quora Digest. Trata-se de uma plataforma de perguntas e respostas, promovendo conexão entre pessoas com perfis e interesses diversos. Participam na rede inclusive personalidades como Barack Obama e Hillary Clinton.

Quando um participante oferece uma pergunta sobre poker, vem uma enxurrada de respostas, com sugestões, comentários e alegres experiências de vida colhidas com amizades motivadas pela modalidade. E como surgiu esse jogo que tanto fascina é um dos temas que sempre retorna à pauta.

Pouco é conhecido sobre quem inventou o poker. Há quem diga que foi alguém em Nova Orleans, em algum ano entre 1810 e 1825. Desde então, surgiram várias vertentes. Por sua simplicidade, o Texas Hold´em é uma das modalidades mais populares, que inspirou uma enorme variedade de livros sobre estratégias, filmes e até mesmo transmissões de TV.

O Texas chama para si e reconhece oficialmente o fato de o Texas Hold’em ter sido inventado na cidade texana de Robstown, no início do século 20.  Após se espalhar pelo região, essa modalidade desembarcou em Las Vegas (1963). Aconteceu pelas mãos de Felton “Corky” McCorquodale, festejado jogador profissional do jogo, postumamente inscrito (1979) no Poker Hall of Fame.

Nos anos 1980, a B&G Publishing editou e distribuiu um guia sobre estratégias de poker, até hoje considerado revolucionário. Intitulado Super System, ele foi escrito por Doyle “Texas Dolly” Brunson, uma lenda do poker.  Ele foi o primeiro jogador profissional de Texas Hold’em a ganhar um prêmio superior a um milhão de dólares em um torneio.

Após Super System, livro ao qual foi creditada a revolução na forma de jogar poker, centenas de outras obras foram publicadas. Sem tirar o mérito de McCorquodale, o surgimento do gênero literário sobre a modalidade é atribuído ao poeta, romancista, ensaísta e crítico inglês Al (Alfred) Alvarez. Em 1983, Alvarez publicou “The Biggest Game in Town”, detalhando um evento da World Series of Poker, ocorrido em 1981.

O jogo simples que conquistou as várias áreas do lazer

fonte: https://br.freepik.com/fotos-gratis/empresario-gritando-satisfeito-em-oculos-sentado-junto-a-mesa-no-cafe-e-se-alegrar-enquanto-olha-para-o-computador-portatil_6874927.htm#fromView=search&page=1&position=20&uuid=eb9d749b-42a1-4a41-ac10-dc88cfad32f8

A popularidade do Texas Hold’em aumentou no mundo a partir da primeira década do ano 2000. A grande adesão mundial é atribuída à sinergia entre cinco fatores – interesse da televisão e do cinema; uso da “câmera de cartas fechadas” (permitia ao espectador ver as cartas fechadas, como meio de identificar a estratégia utilizada durante o jogo); o advento do poker online; e anúncios de TV sobre salas de jogos online.

A televisão ainda tem nas novelas seu principal atrativo, mas dedica espaço aos torneios de Texas Holde’m e outros desde o final dos anos 70. Até 1999 não era uma atração grandiosa, mas naquele ano, o programa de TV Late Night Poker, do Reino Unido, utilizou “lipstick cameras” (câmeras no formato e dimensões de batom) para mostrar, ao vivo, as cartas privadas dos jogadores durante um torneio.

Mas, através da TV o empurrão na popularidade do Texas Hold’em veio da cobertura da ESPN da World Series of Poker (WSOP) de 2003. O interesse foi provocado pelo grande vencedor, Christopher Bryan (Chris Moneymaker). Ele foi o primeiro jogador amador de poker online a vencer a famosa competição. Daí, houve o súbito aumento de interesse, pela WSOP e pelo poker online. Chris instigou a ideia de que qualquer pessoa que jogue pela internet por diversão tem chance de ser campeão.

Ainda antes de a televisão ampliar espaço para os torneios de poker, Hollywood viu nesse jogo um grande gerador de bilheteria. Cartas na Mesa, de 1998, com Matt Damon e Edward Norton, ofereceu uma visão romântica do Texas Hold’em. O filme incorporou um clipe do confronto entre os famosos vencedores no WSOP, Johnny Chan e Erik Seidel.

Outro longa que teve o Texas Hold’em como enredo central é Casino Royale (2006). Tal a força dessa modalidade do poker que, na obra, substituiu o bacará, a estrela do livro de igual nome escrito por Ian Fleming, autor e jornalista britânico criador de James Bond. Filmes foram realizados às dezenas, tendo como “protagonista”, em especial, a modalidade Texas Hold’em – a grande estrela do poker.

Por fim, é fácil ver que esse jogo, simples na essência, tem impactado vários setores das artes e da diversão, da literatura ao cinema. Impossível mensurar quantos bilhões (talvez trilhões) de dólares e de empregos foram gerados por produções e produtos alavancadas pelo poker. Por que o Texas Hold’em provoca tantas paixões é pergunta com várias respostas. Uma delas pode ser porque combina habilidade, estratégia, interação social, entusiasmo e ainda tem potencial de recompensa.

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-
Verified by MonsterInsights