Vencedores do Grand Prix criam expositor inteligente para indústria da panificação

Escuderia produziu um hardware que controla o ambiente dos expositores de pães das panificadoras por meio de sensores como forma de disponibilizar aos clientes um pão quentinho independente do horário

14/09/2018 08h21 - DouradosAgora


Vencedores do Grand Prix criam expositor inteligente para indústria da panificação Vencedores do Grand Prix criam expositor inteligente para indústria da panificação

Oferecendo um hardware que controla o ambiente dos expositores de pães das panificadoras por meio de sensores como forma de disponibilizar aos clientes um pão quentinho independente do horário, a escuderia Megamente foi a grande campeã do Grand Prix, uma corrida de inovação aberta em que equipes multidisciplinares foram provocadas a criar, no prazo de 72 horas, uma solução inovadora para melhoria no processo de fabricação de pães da indústria da panificação e na gestão da fidelização do atendimento de clientes.

A escuderia composta por seis alunos de diversos cursos do Senai apresentou, ontem, o protótipo inovador acompanhado do modelo de negócio (Pitch e Canvas) para uma banca avaliadora composta pelo Sindepan/MS (Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria de Mato Grosso do Sul) e colaboradores de diferentes áreas do Senai. A competição foi realizada durante a Olimpíada do Conhecimento, que começou na segunda-feira e termina hoje, no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande.

Indústria

"As duas escuderias que participam do Grand Prix fizeram suas apresentações e eu fiquei muito satisfeito com os projetos criados. O produto da Megamente é mais maduro porque pode ser adaptado a um expositor que já exista na padaria ou numa sala e eles ainda podem vender um produto, que é uma estufa com todos os sensores. E da banca surgiram ideias que podem complementar esse produto deles", explicou o presidente do Sindepan/MS, Marcelo Novaes.

Ele destacou ainda que propor o desafio para alunos do Senai foi uma experiência bastante produtiva tanto para o sindicato como para os jovens. "Os empresários do setor industrial precisam dessa inovação e quando temos um instituto que consegue disponibilizar uma solução inovadora a um baixo custo, é fantástico. E para os alunos também é importante porque eles se preparam com esse diferencial de pesquisa de inovação para o mercado de trabalho", completou.

O gerente de gestão em tecnologia e inovação do Senai, Leandro Schneider, elogiou o trabalho desenvolvido pelos jovens. "Tivemos duas escuderias, que apresentaram projetos com aplicabilidade na indústria e com grande potencial para entrar no mercado. Nos sentimos muito gratificados com os alunos que conseguiram colocar em prática o que estão aprendendo em sala de aula, reforçando que o Senai está preparando bem os profissionais para o mercado de trabalho. O projeto da Megamente foi o vencedor, mas as duas escuderias estão de parabéns", ressaltou

Comemoração

Com muita animação, os integrantes da escuderia Megamente comemoraram o resultado. "Só de participar dessa competição e poder trabalhar em equipe com pessoas de diferentes áreas e desconhecidas foi uma experiência muito gratificante e enriquecedora. Vencer então é uma sensação de dever cumprido. Ficamos muito felizes e agora queremos aperfeiçoar esse projeto para colocar no mercado", afirmou o aluno do curso superior de Tecnologia em Automação Industrial do Senai, Mario Rogério Fagundes Jacome.

Na mesma linha, o aluno do curso técnico em logística do Senai, Alexandre Leite, ganhar a competição foi apenas o resultado de um bom trabalho desenvolvido em equipe. "Achei muito interessante essa ideia de formar grupos interdisciplinares para apresentar uma solução para um problema real da indústria de Mato Grosso do Sul. Com certeza saímos daqui com um grande diferencial para o mercado de trabalho, porque aprendemos a trabalhar em equipe. E agora teremos mais um diferencial: o curso de piloto de drone, que foi a nossa premiação. Realmente estou muito feliz", finalizou.



Envie seu Comentário