Delegação de MS encerra 1ª fase dos JEJ com 10 medalhas e dois títulos inéditos

São 10 medalhas para o Estado, 3 ouros, 1 prata e 3 bronzes com a Natação, 2 ouros do Ciclismo e 1 medalha de Bronze para o tênis de mesa

19/11/2018 09h22 - Texto e fotos: Vanessa Ayala



O Ciclismo surpreendeu com os resultados conquistados nos Jogos Escolares da Juventude.
O Ciclismo surpreendeu com os resultados conquistados nos Jogos Escolares da Juventude.

Mato Grosso do Sul encerrou a primeira fase dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 2018, com chave de ouro. São 10 medalhas para o Estado, 3 ouros, 1 prata e 3 bronzes com a Natação, 2 ouros do Ciclismo e 1 medalha de Bronze para o tênis de mesa.

Ciclismo

O atleta de Chapadão do Sul, Kawah David, foi campeão na prova por pontos (australiana) e na prova por resistência do Ciclismo, conquistando dois títulos inéditos para Mato Grosso do Sul.

O ciclista Kahaw David comemorou a vitória ao lado da família que foi prestigiar o desportista em Natal, no Rio Grande do Norte. Ao lado da mãe e da avó suas maiores incentivadoras, o atleta agradeceu o apoio recebido.

"Comecei a treinar ano passado e, desde então, venho participando de várias competições. Nos Jogos Escolares do ano passado, fiquei bem colocado e, neste ano, consegui vencer as provas que participei graças à Deus. É um sentimento muito bom e uma experiência incrível. Agradeço ao apoio que recebo da minha família, meus pais, amigos, técnicos e a Fundesporte [Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul], que tem dado todo suporte para nós atletas, está nos ajudando demais, esse apoio tem sido fundamental," revelou.

O desportista coleciona títulos, foi campeão Brasileiro neste ano e de quebra venceu a maior Etapa dos Jogos Escolares, deixando para trás atletas de São Paulo e Paraná.

Segundo o diretor-geral dos Jogos Escolares da Juventude, professor doutor Paulo Ricardo Nuñez, a modalidade surpreendeu com os resultados: "É um investimento que deu certo, há três anos quando assumimos a Fundesporte, junto ao professor Marcelo Miranda, tínhamos esse objetivo de implantar o Ciclismo nos Jogos Escolares de MS, uma modalidade que vem crescendo no Brasil e no Estado, e agora tivemos esse resultado importante e muito positivo, reflexo de um bom trabalho da Fundação, dos técnicos, pais, e da Federação de Ciclismo de MS, pelo calendário de eventos, estamos muito satisfeitos com os resultados".

O circuito do Ciclismo terminou na quinta-feira (15.11) com resultados positivos, além das duas medalhas de ouro, MS garantiu o 4º lugar, com a atleta Brenda Gonçalves, de 12 a 14 anos; 5º lugar, com a ciclista Ana Nogueira, encerrando a participação subindo de posição no ranking geral da competição.

Michela David, mãe de Kawah e Valdirene Maria, mãe de Ana, acompanharam os filhos durantes as provas, com os olhos atentos para não perder nada. "Estamos muito felizes e agradecemos o apoio que temos recebido da Fundesporte, na questão de instalação, estrutura de transporte e alimentação, fora o apoio da equipe, nos integrando, estando junto, dando todo o suporte, a gente não se sente como um peixe fora d’agua", relatou Michela. Já Valdirene acompanha a filha pela primeira vez nos Jogos e complementou: "estou achando excelente o apoio do Governo do Estado, não tenho o que falar, só agradecer esse cuidado com os atletas".

Natação

Os atletas da Natação representando Mato Grosso do Sul deram um show nas piscinas, estreando com a vitória de Pedro Pena, nos 100m costas, na categoria de 15 a 17 anos, garantindo o lugar mais alto do pódio para o Estado. O campo-grandense, contou com o apoio da torcida e os olhares atentos dos técnicos que ao saber do resultado, comemoraram a conquista.

Pena afirmou que não foi sua melhor prova, mas não escondeu o sorriso com o resultado final. "Foi incrível receber a medalha de ouro, sempre é bom representar MS, ainda mais com este resultado. Eu particularmente, não fiz a minha melhor prova, mais é isso aí, agora é treinar para o ano que vem, e melhorar o meu tempo".

A atleta Julia Maria, se destacou na competição com o ouro nos 200m medley e uma medalha de prata nos 100m costas na categoria de 12 a 14 anos. Durante a prova, a torcida do MS em peso, incentivou a jovem ao lado do pai, Vantuil Domingues e nos últimos minutos de prova a ansiedade aumentou, o nervosismo terminou quando receberam o resultado oficial, a delegação fez a festa. Emocionado o pai da atleta correu para abraçar a filha, orgulhoso com o título.

Ela comentou sobre o apoio que recebe da família nos eventos que participa. "Sempre estão do meu lado, se meu pai não pode ir, a minha mãe me acompanha, eu não consigo ficar longe deles, a minha mãe era nadadora e me incentiva nesse caminho, e o meu pai embarcou também, ele sempre volta sem voz para casa, depois das competições", disse sorrindo a jovem atleta.

Gabriela Cardoso, garantiu o primeiro lugar para MS na prova dos 100m livre, na categoria de 15 a 17 anos, a atleta participou da sua última competição dos Jogos Escolares, e enfatiza que não pretende parar por aí, vai continuar competindo na Universidade. A alegria estava estampada no rosto da jovem, que mostrou para o que veio, garantindo o tão sonhado título Escolar.

Logo após a premiação, os atletas receberam das mãos da delegação Japonesa, presente no evento, uma lembrança dos Jogos Olímpicos que acontecerão no Japão em 2020.

Robson Lima, da Natação de MS, garantiu a medalha de bronze nos 50m livre, o ouro ficou com a equipe paulista e a prata com o Paraná. Esta é a última participação do atleta sul-mato-grossense nos Jogos, emocionado, ele subiu rapidamente no pódio, deu uma última olhadinha e um beijo na medalha e saiu correndo para enfrentar mais uma maratona ao lado dos companheiros, ajudando a equipe a garantir o bronze na prova de revezamento 4x50m medley. No revezamento feminino, as meninas de MS, garantiram a medalha de bronze, finalizando o quadro de medalhas da Natação.

Tênis de Mesa

No Tênis de Mesa, a atleta Larissa Vicente conquistou a medalha de bronze, na categoria individual feminino, sempre focada contou com o apoio dos técnicos e dos colegas. Ela só foi parada no embate da semifinal, pela também campo-grandense Lívia Lima, que representou o Rio Grande do Sul, e terminou com a medalha de ouro.

A equipe do Tênis de Mesa de Mato Grosso do Sul retorna dos Jogos Escolares da Juventude satisfeita com a campanha. Formada por seis mesa-tenistas e dois técnicos, a delegação alcançou resultados inéditos em comparação às últimas edições nacionais. Satisfeitos com o resultado que há anos não conquistavam, os Jogos trouxe confiança e expectativa para os JEJ , do ano que vem.

Vôlei de Praia, Ginástica e Xadrez

No Vôlei de Praia a dupla de Três Lagoas, disputou o terceiro lugar contra Tocantins, no embate, a dupla adversária, levou a melhor ficando com o bronze da segunda divisão dos JEJ. Os meninos de MS, mesmo não garantindo pódio, subiram para a primeira divisão, com o 4º lugar no ranking geral, garantindo o resultado positivo para a modalidade. As meninas do Vôlei de Praia ficaram fora da competição, antes das finais, permanecendo na sexta posição, no ranking geral da primeira divisão dos JEJ.

Na classificação geral do Xadrez, o melhor resultado foi conquistado pelo atleta de Maracaju, Ângelo Gabriel, na categoria Blitz, de 12 a 14 anos, com a quinta posição.

Mato Grosso do Sul conquistou resultados importantes nesta primeira etapa dos Jogos Escolares da Juventude. No sábado (17.11), iniciaram as competições da segunda fase dos Jogos, com as modalidades de Atletismo, Badminton, Futsal feminino e Voleibol masculino.

A delegação de Mato Grosso do Sul teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundesporte. A realização dos Jogos Escolares da Juventude 2018 foi do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).


Envie seu Comentário