Duas escolas municipais de Nova Andradina são premiadas em concurso nacional sobre trabalho infantil

Os primeiros colocados de cada categoria da etapa estadual serão encaminhados pelo MPT-MS para o Prêmio MPT na Escola Nacional, organizado pela Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) do MPT que será realizado em Brasília

16/11/2018 08h59 - DouradosAgora


 
Os alunos foram desafiados a desenvolver trabalhos literários, artísticos e culturais e o prêmio veio reconhecer o esforço e divulgar os resultados do que foi produzido nas escolas. Os alunos foram desafiados a desenvolver trabalhos literários, artísticos e culturais e o prêmio veio reconhecer o esforço e divulgar os resultados do que foi produzido nas escolas.

Duas escolas da Rede Municipal de Nova Andradina - Professor Delmiro Salvione Bonin e Professora Efantina de Quadros - foram premiadas no concurso nacional MPT na Escola edição 2018, sobre o tema "Combate ao Trabalho Infantil" elaborados a partir de atividades em sala de aula com alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental, em seis categorias: conto, curta metragem, música, esquete teatral, desenho e poesia.

As unidades destacaram-se em 3 categorias. Na modalidade Curta-metragem, na categoria 2 (6º e 7º anos), a Escola Municipal Professor Delmiro Salvione Bonin conquistou o primeiro lugar e na modalidade Desenho, na categoria 1 (5º e 6º anos), classificou-se em segundo lugar. Na modalidade Música, na categoria 2 (6º e 7º anos), a Escola Municipal Professora Efantina de Quadros ficou com o segundo lugar na classificação geral.

O objetivo do MPT é fomentar a participação de crianças e adolescentes nas ações de mobilização, conscientização e prevenção ao trabalho infantil. Os alunos foram desafiados a desenvolver trabalhos literários, artísticos e culturais e o prêmio veio reconhecer o esforço e divulgar os resultados do que foi produzido nas escolas.

O resultado final nacional do Prêmio MPT na Escola 2018 foi divulgado na semana passada pela Comissão Nacional da Coordinfância, por meio da Procuradora do Trabalho Cândice Gabriela Arósio. concorreram na etapa final, 386 municípios de 11 estados e do Distrito Federal. O projeto atingiu, neste ano, mais de 190 escolas e 1.000 turmas.

Participação das escolas municipais

Participaram do projeto em Nova Andradina as seguintes escolas: Escola Municipal Professora Efantina de Quadros, Escola Municipal Professor João de Lima Paes, Escola Municipal Professor Delmiro Salvione Bonin, Escola Municipal Luís Claudio Josué, Escola Municipal Mundo da Criança e Escola Municipal Machado de Assis.

Os primeiros colocados de cada categoria da etapa estadual serão encaminhados pelo MPT-MS para o Prêmio MPT na Escola Nacional, organizado pela Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) do MPT que será realizado em Brasília.

"Entendemos claramente que a criança deve ser tratada como criança, que devemos enquanto gestores públicos educacionais oportunizar um aprendizado que refletirá para toda a sua vida. Sendo assim, consideramos este projeto fundamental para isso. Por esse motivo que nossas escolas se envolvem e desenvolvem as atividades propostas, buscando sempre a melhor qualidade", considera o secretário de



Envie seu Comentário