Brasil apoia erradicação da febre aftosa na Venezuela

14/11/2018 11h09 - Por Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento


 
Brasil foi reconhecido como livre da doença em maio deste ano - Foto: Arquivo/Agência Brasil Brasil foi reconhecido como livre da doença em maio deste ano - Foto: Arquivo/Agência Brasil

As autoridades sanitárias do Brasil realizam uma operação em conjunto com o governo da Venezuela para erradicar a febre aftosa do rebanho vizinho.

O Ministério da Agricultura ressalta que a medida beneficia toda a América do Sul. O objetivo é cessar a circulação do vírus.

A Comissão Sul-Americana da Luta contra a Febre Aftosa (Cosalfa) determinou, em julho, que os 13 países-membros deveriam apoiar a Venezuela na vacinação do gado do país nos próximos dois anos.

Ao todo, 39 milhões de doses devem ser aplicadas durante a campanha. Isso porque a Venezuela, que enfrenta grave crise política, social e de abastecimento, não produz as vacinas.

Em maio, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) reconheceu o Brasil como livre da aftosa. O País dispõe do maior rebanho do mundo: 219 milhões de cabeças.


Envie seu Comentário